domingo, 22 de dezembro de 2019

Ex-marido invade casa e mata mulher a facadas


A polícia está à procura de um homem de 33 anos que assassinou a ex-mulher em Manhuaçu, na Região da Zona da Mata. A vítima estava na casa dos pais, onde participou de um churrasco, quando foi atingida por vários golpes de facas. O ex fugiu do local levando a arma do crime. Segundo a Polícia Militar (PM), o casal, que tem dois filhos, estava em processo de separação.
O crime aconteceu no início da manhã de sábado. Tatiana da Silva participava de um churrasco na casa dos pais dela, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, em Manhuaçu. O ex-companheiro dela, Éder Júnior Alves de Oliveira, ficou sabendo e foi até o local. Segundo a PM, ele invadiu a casa e discutiu com a mulher. Os dois teria trocado ameaças, de acordo com testemunhas.
Familiares de Tatiana conseguiram retirar Éder do imóvel e fecharam o portão. Ele deixou o local e procurou a ex horas depois no portão, mas foi ignorado. Por volta das 6h15 de sábado, o homem foi pela terceira vez no local e acabou atendido pela mulher. De acordo com a PM, assim que ela chegou no portão, Éder pegou uma faca de desferiu vários golpes nas costas e peito da vítima.
Familiares ouviram os gritos da mulher e foram tentar ajudá-la. Éder fugiu correndo levando uma faca. O Corpo de Bombeiros socorreu a mulher e a levou para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Devido ao grave estado de saúde, ela foi transferida para um hospital. Segundo a PM, ela morreu horas depois.

Processo de separação

A polícia fez patrulhamento na região, mas o homem não foi encontrado. Testemunhas contaram que ele teria fugido em direção a Ipatinga, onde tem familiares. O casal estava em processo de separação. De acordo com a PM, Tatiana alegava que o ex estava fazendo o uso de muita droga, crack, e por isso decidiu terminar o relacionamento. Éder não aceitava o fim. A mulher deixa dois filhos, sendo que um deles de dois meses.

Portal baiano

Nenhum comentário:

Postar um comentário