quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Polícia investiga estupro de irmãs com deficiência mental em Várzea do Poço; pais consentiam abusos em troca de dinheiro

 


A polícia iniciou investigação para apurar o estupro de duas irmãs de 21 e 23 anos, ambas com deficiência mental, na cidade de Várzea do Poço, cidade que fica a 320 Km de Salvador. O suspeito do crime tem 84 anos e, segundo a Polícia Civil, os abusos ocorriam com consentimento dos pais.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações começaram no último sábado (20), depois que a corporação teve acesso a um vídeo que mostra o crime. As imagens estão sendo analisadas.

Ainda segundo a polícia, os abusos vinham ocorrendo há anos, na casa das vítimas. Os pais permitiam os estupros, em troca de dinheiro, e também devem ser indiciados pelos crimes de estupro de vulnerável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário