Últimas Notícias

Chacina na Penitenciária Lemos Brito: SEAP confirma quinta morte e 12 feridos

 


O secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização (SEAP), Nestor Duarte, confirmou na manhã de hoje (21/02), mais uma morte na chacina que ocorreu neste domingo (20/02), dentro da penitenciária Lemos de Brito. Além disso, há 12 pessoas internadas, algumas em estado grave.

A rebelião foi iniciada após uma briga entre grupos rivais e uma tentativa de fuga. Durante o confronto entre os detentos, ocorrido no pavilhão 2, outros presos tentaram sair pelo portão principal e foram impedidos pela guarda do presídio. Uma varredura nas alas afetadas foi realizada para evitar novos incidentes. As mortes são investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Uma das vítimas da chacina é o traficante Daniel Pereira dos Santos, conhecido como “Cuminho”, que foi espancado, esfaqueado e baleado. Integrante de uma facção, ele também teve o coração arrancado por rivais, de acordo com a fonte do IB.

“Cuminho” era oriundo do subúrbio de Salvador e ficou conhecido por comandar uma chacina com seis pessoas covardemente assassinadas no bairro de Periperi, no dia 9 de agosto de 2014. O bandido, que também tinha passagem por estupro, havia sido condenado a 164 anos de prisão.




Informe Baiano

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads