Últimas Notícias

Bebê é estuprado e pais afirmam não saber como aconteceu

Os sinais indicavam que a violência sofrida pela criança poderia ter acontecido a alguns dias

Imagem: Prefeitura de Palmeira dos Índios

 Um bebê de aproximadamente sete meses foi vitima de um crime de estupro no municipio de Palmeira dos Índios, no Agreste do estado de Alagoas. O caso foi registrado na última segunda-feira (14), após a equipe médica de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), identificar os sinais de violência na criança. 

Os pais do bebe afirmaram que não sabem quem pode ter cometido o crime, pois moram separados e a guarda é compartilhada. O menino foi levado para o hospital em Maceió para ser submetido a uma sutura no ânus. A lesão foi identificada durante atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na cidade de Palmeira dos Índios, onde os médicos e a equipe de assistência social acionaram a polícia.

Walisson Cícero de Oliveira Souto, presidente do Conselho Tutelar do município, informou ao G1, que o menor foi transferido para o Hospital Geral do Estado, localizado em Maceió, para ser submetido a um procedimento de sutura no anus. 

"Ela foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado para ser submetida a uma sutura no ânus. Segundo os médicos da UPA, a criança sofreu violência sexual. Quando a criança receber alta médica e voltar a Palmeira [dos Índios], nós iremos a delegacia para prestar um boletim de ocorrência, ao Instituto Médico Legal para fazer o exame de corpo de delito e comunicaremos o caso ao Ministério Público Estadual para que os devidos procedimentos sejam instaurados", afirmou Souto.

A polícia foi acionada pela equipe de Serviço Social da Unidade de Pronto Atendimento, e os sinais indicavam que a violência sofrida pela criança poderia ter acontecido a alguns dias. 

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Palmeira dos Índios.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads