Últimas Notícias

Município da Bahia, contrata Gustavo Lima por 704 mil reais, após ter sofrido com fortes chuvas; Contratação é destaque na Folha de São paulo


 

O município baiano de Teolândia, no sul do estado, vai gastar R$ 1,2 milhão para bancar uma festa com artistas após ter sofrido com as chuvas. O cachê do recentemente envolvido com polêmicas, Gusttavo Lima, será de R$ 704 mil. As informações são do Jornal Estado de São Paulo.

A prefeita da cidade, Maria Baitinga de Santana, conhecida como Rosa, já disse que o sonho dela é conhecer o cantor sertanejo. “Gente, eu sempre tive um sonho, gosto demais, e vamos para a Festa da Banana de 2022 com o nosso embaixador… Gusttavo Lima, minha gente, com a fé em Deus”, disse ao anunciar a contratação, em junho do ano passado, em uma transmissão nas redes.
O evento, bancado pela prefeitura, ainda dará R$ 80 mil para Marcinho Sensação e R$ 170 mil para Unha Pintada. A festa ainda conta com dinheiro de patrocinadores. De acordo com o Estadão, para o valor de R$ 1,2 milhão, é como se cada um dos 15 mil moradores da cidade gastasse R$ 80,28 só com os artistas.
A cidade ainda sofre os efeitos das enchentes que atingiram a região do sul da Bahia no fim do ano passado. O valor destinado ao cachê é maior do que o voltado para conter os danos das chuvas. A prefeitura ainda banca mais de 900 caixas de fogos de artifícios, a montagem dos palcos e a infraestrutura para o evento.
A festa acontece entre 4 e 13 de junho deste ano, e o sonho da prefeita se realiza no dia 5, quando Gusttavo Lima cantará.
Procurada pela reportagem do Estadão, Rosa Baitinga explicou o motivo da escolha: “Porque gosta, o pessoal daqui gosta muito dele”, disse a prefeitura. A gestora não respondeu se os recursos são próprios ou de fontes como transferência federal ou emenda parlamentar, apenas declarou que a festa tem “vários patrocinadores” e negou irregularidades, afirmando que não falta dinheiro para resolver os problemas causados pelas chuvas.
Polêmica
A contratação do cantor Gusttavo Lima pela Prefeitura de São Luiz, município do Sul de Roraima, pelo valor de R$ 800 mil causou grande repercussão nas redes sociais nesta semana. A cidade tem apenas 8232 habitantes, de acordo com o IBGE, e o segundo menor Produto Interno Bruto de todo o estado de Roraima.(Correio)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads