Últimas Notícias

Mulher denuncia ter sido estuprada pelo patrão dentro de sacolão em Venda Nova

 


A vítima, de 25 anos, desligou as câmeras do local para pegar um dinheiro para comprar leite para o filho, mas acabou flagrada pelo homem que disse que precisava "castigá-la"

Uma mulher de 25 anos denunciou, nesta sexta-feira (16), ter sido estuprada por seu ex-patrão dentro do sacolão onde trabalhava, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. O crime teria ocorrido no dia 4 de setembro deste ano, sendo que ela pediu demissão no dia seguinte e resolveu denunciar o crime agora por não conseguir esconder o ocorrido de seu companheiro. 

Em seu relato à Polícia Militar (PM), a jovem conta que trabalhou no local por cerca de 3 anos e que, no dia do crime, chegou ao estabelecimento, localizado na rua Macon Ribeiro, e desligou as câmeras de segurança. O objetivo dela era pegar alguma quantia em dinheiro para comprar leite para seu filho, de 10 meses. 

 A vítima afirma que o proprietário do sacolão, indentificado no Boletim de Ocorrência apenas pelo primeiro nome, não estava no local, mas que, remotamente, ele percebeu a movimentação e teria mandado mensagem no celular da então funcionária questionando o que estava acontecendo. 

Também por mensagem, a mulher teria confessado que desligou as câmeras para pegar dinheiro no escritório do local, momento em que o patrão pediu que ela aguardasse lá e mantivesse as câmeras desligadas. Quando chegou ao sacolão, minutos depois, o homem então teria dito que ela precisaria de um "castigo", momento em que a forçou a ter relações sexuais com ele. 

Homem só parou ao ver vítima chorando

Ainda conforme o depoimento da mulher à PM, o suspeito só parou o estupro após ver que ela estava chorando, mas que, antes, ele teria usado força com as mãos, apertando o corpo dela, e que a forçou a tirar a roupa.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads