Últimas Notícias

Publicidade Jaguaripe 2023

Mulher sai para caminhar e é estuprada por vizinho

 


Vítima brigou com o homem para evitar o estupro. Ambos caíram de um barranco, e vítima ficou com o corpo todo machucado


Uma mulher, de 21 anos, fazia uma caminhada na zona rural de Novo Cruzeiro, no Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais, quando se deparou com um vizinho e acabou estuprada.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima caminhava na manhã desta terça-feira (3/1), quando passou pelo vizinho, de 20 anos, que estava em uma moto sem placa. Ele ofereceu uma carona para a mulher, que recusou e explicou que estava fazendo exercício. O rapaz então desceu do veículo e foi atrás da mulher a pé.

Ela, percebendo a aproximação, começou a correr. Quando o homem a alcançou, eles caíram em um barranco, deixando a vítima com o corpo machucado. Mesmo com a queda, ele continuou a molestar a mulher e a estuprou, ainda segundo a PM. 



Antes de deixar o local, ele disse à mulher que não contasse nada a ninguém, senão, iria matá-la, disse a vítima.

Homem conta três versões diferentes


Segundo a PM, a vítima, completamente abalada, voltou para casa e contou para o marido o que aconteceu. A Polícia Militar foi acionada. Quando os policiais chegaram à casa da vítima, ouviram o relato e foram atrás do vizinho na residência dele. A irmã dele avisou que o jovem tinha ido trabalhar. 
Ao chegar à fazenda em que o homem mora, os policiais encontraram a moto usada no crime. No entanto, o rapaz negou as acusações e disse não conhecer a vítima. Ele foi levado para a delegacia. No trajeto entre o local de trabalho e a delegacia, ele contou três versões diferentes para a Polícia:

  • Que não conhecia a vítima;
  • Que conhecia a vítima, mas não tinha cometido o estupro;
  • Que conhecia a vítima e que quando passou por ela, a mulher pediu para que "tocasse o gado", que estava na estrada em que fazia a caminhada. Em seguida, perguntou se ela tinha namorado. Ela respondeu que não, e eles começaram a se beijar. No início da relação sexual, na beira da estrada, a vítima pediu para parar, pois tinha mudado de ideia.
  • Nenhuma das histórias convenceu a Polícia Militar, que prendeu o homem. A moto foi apreendida e encaminhada ao pátio do Detran, e a vítima, levada para o hospital para atendimento médico.
  • fonte> Estado de Minas

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem