terça-feira, 15 de setembro de 2020

As várias versões da Bíblia segue sendo os livros mais lidos no Brasil, aponta nova pesquisa


-
Foto: Reprodução
Dados de uma pesquisa recente indicam que os brasileiros têm se dedicado cada vez menos à leitura, mas a Bíblia Sagrada continua sendo o livro mais apreciado no país.
A pesquisa “Retratos da Leitura” constatou que a Bíblia continua sendo o livro mais lido do país, com 35% das pessoas entrevistadas se dedicando a consultar o livro sagrado do cristianismo. Em 2015, na pesquisa anterior, esse número era de 42%.
Em seguida, livros de contos, livros religiosos em geral e romances têm, cada um, 22% do público. Já os livros didáticos são lidos por 16% dos brasileiros. A pesquisa mostra que, em média, o brasileiro que se dedica à literatura consome cinco livros por ano, mesclando diferentes gêneros.De acordo com informações do jornal O Globo, a pesquisa mostra que 4,6 milhões de leitores no Brasil deixaram de praticar a leitura literária entre a pesquisa de 2015 e a de 2019. No ano passado, 52% da população tinha o hábito de ler, mas quatro anos antes, a leitura era praticada por 56% dos brasileiros.
Na análise da socióloga Zoara Failla, coordenadora da pesquisa, parte da diminuição da leitura no país pode ser atribuída ao fato de pessoas de classes e escolaridades mais altas estarem substituindo os livros pela internet: “Esse grupo com Ensino Superior e de maior renda era o principal leitor nas edições anteriores da pesquisa. Hoje, ele é o principal consumidor de mensagens e redes sociais. Esse despertar da internet está roubando o tempo do livro”, comentou.
Dentre os entrevistados, a falta de tempo foi o principal motivo elencado como o principal motivo para não ler mais tanto por aqueles que praticam a leitura (47%) quanto por quem não se dedica à atividade (34%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário