segunda-feira, 12 de abril de 2021

Urgente: Conquistense de 37 anos, sem comorbidade, morre de Coronavírus


Até esta segunda-feira (12), o boletim epidemiológico contabiliza 24.381 pessoas que já se infectaram com a Covid-19 em Conquista. Desse total, 23.602 já estão recuperadas e 394 pacientes sintomáticos seguem em recuperação – 75 estão internados em Vitória da Conquista e 319 em tratamento domiciliar.

Outros 2.043 casos notificados por suspeita de infecção pela Covid aguardam classificação final por investigação clínico-epidemiológico e/ou laboratorial. A Secretaria Municipal de Saúde confirmou o falecimento de um paciente em decorrência de complicações da Covid, somando 385 óbitos de moradores do município.

385º óbito – Homem de 37 anos, morador do bairro Jurema, sem comorbidades relatadas. Foi internado no dia 18 de fevereiro na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e transferido no dia 20 de fevereiro para o Hospital Espanhol, em Salvador, onde veio a falecer em 23 de fevereiro. O óbito foi comunicado à Secretaria Municipal de Saúde somente nesta segunda-feira, 12 de abril.

Ocupação de Leitos – Neste momento, 120 pacientes estão internados em parte dos 148 leitos disponíveis (78 enfermarias e 70 leitos de UTI) na rede SUS para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus. Além de moradores de Vitória da Conquista, também estão internados residentes dos seguintes municípios:

Aracatu;
Barra da Estiva;
Barra do Choça;
Belo Campo;
Bom Jesus da Serra;
Brumado;
Caatiba;
Caculé;
Caetanos;
Caetité;
Caraíbas;
Carinhanha;
Caturama;
Dom Basílio;
Firmino Alves;
Guajeru;
Guanambi;
Ibipitanga:
Igaporã;
Itambé;
Itapetinga;
Itarantim;
Ituaçu;
Jequié;
Livramento de Nossa Senhora;
Malhada;
Mirante;
Mortugaba;
Nova Canaã;
Paramirim;
Parantiga;
Pindaí;
Riacho de Santana;
Rio do Antônio;
Serra Ramalho;
Tanhaçu;
Tremedal;
Araçariguama-SP;
São Paulo-SP;
Florianópolis-SC.

Clique aqui para acessar o Boletim epidemiológico completo.

NAZARÉ : Prefeitura realizou nesta segunda-feira(12'), FORÇA TAREFA, em diversas localidades

 












Após fortes chuvas Mercantil e Coreia estão entre as localidades que receberam equipes na manhã desta segunda-feira ( 12 ), cuidando dos impactos que as chuvas causaram e trabalhando para prevenção, com desentupimento de bueiros, retiradas de entulhos e limpeza total das ruas.

A prefeita reeleita Eunice Barreto Peixoto, tem disponibilizado diversas equipes todos os dias, nos quatro cantos da cidade, com  manutenção necessária para que o municipio seja mantido sempre em ordem.

SAJ: Cidade registra 03 mortes por COVID , nesta segunda-feira ( 12 )


 

Cerca de 7,2 mil pessoas não compareceram para 2ª dose contra Covid-19 em Salvador

Cerca de 7,2 mil pessoas não compareceram para 2ª dose contra Covid-19 em Salvador
Foto: Bruno Concha/Secom


Cerca de 7,2 mil pessoas que deveriam receber a segunda dose do imunizante contra Covid-19, em Salvador, ainda não compareceram aos pontos de imunização para completar o esquema vacinal. De acordo com a secretaria municipal de saúde, a recomendação é que a dose de reforço da CoronaVac seja aplicada 28 dias após a administração da primeira.

 

Apesar da alta taxa, o quantitativo de pessoas faltantes para a segunda dose do imunizante apresenta uma sensível queda. Na última semana, foram registrados 8,5 mil indivíduos que ainda não haviam buscado os pontos de vacina para finalizar o processo de imunização.

 

“Estamos fazendo a convocação de todos os indivíduos que já estão habilitados para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19 para que os mesmos possam completar o esquema vacinal. É importante que todos saibam que a imunidade só é assegurada com a administração das duas doses. Por isso disponibilizamos hoje oito drives e seis pontos fixo para facilitar o acesso das pessoas que necessitam da segunda dose na cidade”, explicou Leo Prates.

 

Para alertar esse público sobre a importância de finalizar o processo de imunização, equipes da Secretaria Municipal da Saúde encaminham mensagens de texto para o celular dos faltantes convocando os mesmos para finalizar o ciclo que assegura a imunidade. No portal também é possível consultar o dia que cada pessoa deve retornar aos pontos de vacinação.

 

A informação sobre a data de retorno para aplicação da segunda dose está contida no cartão de vacinação do imunizado.

 

“É necessário que as pessoas sigam rigorosamente as orientações prestadas pelo Programa Nacional de Imunização, que estão alinhadas com as recomendações dos fabricantes dos imunizantes, para assegurar a proteção contra o vírus. O esquema vacinal incompleto não assegura a imunidade contra a doença”, afirmou Adielma Nizarala, médica infectologista.

 

O sistema imunológico leva, em média, duas semanas para criar anticorpos neutralizantes, capazes de barrar a entrada do vírus nas células, de acordo com estudos publicados. A resposta pode variar de acordo com faixa etária e outros aspectos individuais do vacinado. Ou seja, mesmo após a segunda dose não significa proteção imediata aos vacinados. A proteção começa, em média, duas semanas após a aplicação da segunda dose.

 

2ª dose IDOSOS E TRABALHADORES DA SAÚDE: (12 DE ABRIL - 08h às 16h)

 

Drivers:

FTC Paralela

Faculdade Universo – Iguatemi

Faculdade Católica de Pituaçu

FBDC Brotas

Barradão

USF San Martim III

5º Centro de Saúde Clementino Fraga

 

Pontos fixos:

Barradão

FTC Paralela

Unidade Básica de Saúde Virgílio de Carvalho – Bonfim

Centro de Saúde Ramiro de Azevedo – Campo da Pólvora

USF Colinas de Periperi

5º Centro de Saúde Clementino Fraga




BN

Brumado: Presidente da Câmara tem piora em estado de saúde e é levado para UTI


Brumado: Presidente da Câmara tem piora em estado de saúde e é levado para UTI

O presidente da Câmara de Brumado, no Sertão Produtivo, José Carlos Marques Pessoa (PSB), precisou ser intubado neste domingo (11) devido ao agravamento da Covid-19. O estado de saúde de Zé Carlos de Jonas, como o edil é conhecido, é considerado grave.

 

Segundo o Achei Sudoeste, desde a última quinta-feira (11), o vereador está internado no Hospital das Clínicas de Conquista (HCC) (ver aqui), e neste domingo ele foi encaminhado à UTI da unidade de saúde. Na última quinta, uma tomografia havia verificado que 25% da capacidade pulmonar do legislador estava comprometida.

 

Com a ausência do vereador, a Câmara Municipal é presidida interinamente pela vereadora Verimar Dias da Silva Meira (PT).


Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

Diretor da afiliada da TV Cultura na Bahia, Hélio Oliveira morre de Covid-19


 Diretor da afiliada da TV Cultura na Bahia, Hélio Oliveira morre de Covid-19

O diretor da TV Baiana, afiliada da TV Cultura no Estado, e da Líder FM 96,5 de Camaçari, Jucielio Andrade de Oliveira, de 52 anos, morreu neste domingo (11) por complicações da Covid-19. Natural de Feira de Santana e conhecido como "Hélio Oliveira", ele estava internado no Hospital particular Gabriel Soares, em Aracajú (SE), há sete dias.

 

Por conta do falecimento, a TV decidiu suspender a programação local no período de 12 a 14 de abril de 2021. "Nosso coração vestiu de luto eterno, porque você partiu deste mundo! Retornaremos às atividade na quinta-feira, dia 15 de abril de 2021", explica o comunicado.

Vitória da Conquista: Ocupação de leitos de UTI para Covid-19 beira 100%


Vitória da Conquista: Ocupação de leitos de UTI para Covid-19 beira 100%

A situação dos leitos de UTI para Covid-19 em Vitória da Conquista, no Sudoeste, está no limite. Na manhã desta segunda-feira (12), o Hospital São Vicente de Paulo opera com carga máxima, com os dez leitos ocupados [taxa de 100%]. O quadro é quase semelhante nas outras duas unidades que têm UTIs na rede pública.

 

No local com mais UTIs, o Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), 39 dos 40 leitos estão em atividade. Há apenas uma vaga de UTI também no Hospital das Clínicas de Conquista (HCC), com 19 dos 20 leitos em serviço. Por isso, a taxa geral de ocupação de UTI é de 97%.

 

Segundo boletim deste domingo (11), a taxa de ocupação dos leitos clínicos é de 69,2%. Nas unidades públicas que atendem casos de Covid-19 na cidade, 122 pessoas estão internadas, em leitos clínicos ou em UTIs.

 

Vitória da Conquista tem 24.281 casos confirmados de novo coronavírus [425 ativos, que podem passar a doença para outras pessoas] e 384 vieram a óbito.

Vacinação contra Covid-19 em Salvador segue apenas com 2ª dose; veja locais


Vacinação contra Covid-19 em Salvador segue apenas com 2ª dose; veja locais

Nesta segunda-feira (12), a vacinação contra a Covid-19 em Salvador vai funcionar apenas para aplicação da segunda dose. Segundo a secretaria de saúde da capital baiana [SMS], o atendimento será das 8h às 16h e ocorrerá em sete drives e seis pontos fixos.


 

Para receber a aplicação, o morador deve observar a data de retorno no site da SMS ou no cartão de vacina. De acordo com a secretaria, a aplicação da primeira dose será retomada na cidade quando uma nova remessa de vacinas for encaminhada pela gestão federal para Salvador.

2ª dose Idosos e Trabalhadores da Saúde: (8h às 16h)

 

DRIVES

FTC Paralela
Faculdade Universo – Iguatemi
Faculdade Católica de Pituaçu
FBDC Brotas
Barradão
USF San Martim III
5º Centro de Saúde Clementino Fraga

 

PONTOS FIXOS

Barradão
FTC Paralela
Unidade Básica de Saúde Virgílio de Carvalho – Bonfim
Centro de Saúde Ramiro de Azevedo – Campo da Pólvora
USF Colinas de Periperi
5º Centro de Saúde Clementino Fraga

Pastor evangélico, coordenador da Marcha para Jesus é preso acusado de abuso sexual contra 12 fiéis

 

A Polícia Civil prendeu o pastor Jeremias Barroso, acusado de abuso sexual por 12 fiéis, em Macapá. Os agentes cumpriram o mandado de prisão preventiva na casa do líder religioso, no bairro Perpétuo Socorro. O líder religioso é fundador da Igreja Getsêmani no estado e um dos coordenadores da Marcha para Jesus, evento evangélico que leva todos os anos mais de 150 mil fiéis às ruas, em Macapá.

Todos convergiam ao fato de que ele se aproveitava da fragilidade psicológica das mulheres para cometer os supostos abusos sexuais. Além da prisão, o pastor foi alvo de um mandado de busca e apreensão em casa. Foram recolhidos dois celulares, um notebook, um HD externo e um pendrive. A Justiça expediu as ordens a pedido da DCCM (Delegacia Investigação de Crimes contra as Mulheres) de Macapá e do Ministério Público do Amapá.

O pastor virou alvo de investigação por abuso sexual desde julho, quando foi denunciado à Polícia Civil por fiéis da igreja que fundou. O caso era tratado como sigiloso pela investigação. Ele já responde na Justiça a duas ações penais por abuso sexual mediante fraude ingressada pelo MP em relação a duas vítimas, mas outras investigações ainda ocorrem em segredo.
Segundo o MP, Jeremias será levado à penitenciária logo após realizar o exame de corpo de delito.
A promotora de Justiça, Andréa Guedes, do Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), explicou que o pastor foi preso por não colaborar para os esclarecimentos dos fatos.
"Ele estava se eximindo de comparecer duas vezes à promotoria e também à delegacia, não colaborando com as investigações. Temos apurações em cursos envolvendo mais vítimas. O pastor se escondeu e não quis quando foi acionado. Tudo isso fortaleceu o nosso pedido de prisão e busca e apreensão em sua residência", afirmou.

Acumulado de chuvas em Salvador ultrapassa índices de 2020

[Acumulado de chuvas em Salvador ultrapassa índices de 2020]Até a manhã deste domingo, 1,5 mil ocorrências foram registradas; ameaça de deslizamento é queixa mais recorrente

Desde a última quinta-feira (8) até às 10h da manhã de hoje (11), 1,5 mil ocorrências. A maior demanda registrada pelo órgão neste período foi a ameaça de deslizamento, com 355 registros. As informações são da Defesa Civil de Salvador (Codesal). 

As demandas são reflexo da intensidade das chuvas que caíram na cidade nos últimos dias. De acordo com dados apresentados pelo Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil (Cemadec), nas últimas 72 horas houve um acumulado expressivo de chuvas em cinco pontos da cidade: Base Naval de Aratu, Mirante de Periperi, Praia Grande, São Tomé de Paripe e Periperi. 

A Base Naval de Aratu foi a localidade que registrou o índice mais alto entre as 9h da última quinta-feira até as 9h de hoje, com acumulado de 297,4 milímetros. Este valor ultrapassa os índices acumulados em 72 horas registrados em todo o ano anterior. Para se ter uma ideia, o maior acumulado nesta janela de tempo em 2020 foi 236,8 milímetros no bairro de Nova Brasília, no dia 22 de maio. 

A Codesal permanece com o plantão 24 horas todos os dias da semana. As solicitações podem ser efetuadas pelo telefone gratuito 199.

SMS começa vacinação contra gripe em Salvador; locais vão atender públicos exclusivos


SMS começa vacinação contra gripe em Salvador; locais vão atender públicos exclusivos

A partir desta segunda-feira (12), a secretaria de saúde de Salvador vai começar a campanha de vacinação contra gripe. A ação foi informada pelo titular da pasta, Léo Prates, e começará pelos grupos prioritários. Segundo o secretário, haverá vários pontos de vacinação no sistema drive thru que devem começar a atender o público a partir das 8h.

 

Assim, trabalhadores da saúde serão atendidos exclusivamente no Shopping Bela Vista; gestantes e puérperas deverão ir ao Shopping da Bahia [Iguatemi], crianças de seis meses a seis anos devem ser levadas ao Shopping Barra. Segundo a prefeitura, a mobilização deste ano tem a meta de alcançar 90% dos grupos prioritários definidos para a estratégia, totalizando 959.610 pessoas.

 

A gestão também informou que a meta é reduzir complicações, internações e mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da gripe, além de evitar colapso do serviço de saúde em tempos de pandemia de Covid-19.

 

Na primeira etapa – a campanha será dividida em três momentos – a – a vacinação segue até o dia 10 de maio, com estimativa de alcançar 321.920 pessoas, sendo crianças com idades entre seis meses a seis anos (173.095), gestantes (24.741), puérperas (4.067), povos indígenas e trabalhadores da saúde (120.017).

Jacobina: Morre por Covid-19 procurador jurídico; prefeitura decreta luto


Jacobina: Morre por Covid-19 procurador jurídico; prefeitura decreta luto

O procurador jurídico do município de Jacobina, no Piemonte da Diamantina, Aloisio Dornellas, veio a óbito neste domingo (11) após ter o quadro de saúde agravado pela Covid-19. Dornellas tinha 51 anos e estava internado há cerca de 20 dias e precisou ser intubado. Segundo o Informa Sertão, o advogado tinha comorbidades, como hipertensão e diabetes.

 

Neste domingo a prefeitura hasteou a meio-mastro todas as bandeiras oficiais de prédios públicos do município em respeito ao procurador. O prefeito da cidade, Tiago Dias, também decretou luto oficial de três dias. Ainda segundo informações, Dornellas advogava em Jacobina há mais de dez anos. Natural do Rio de Janeiro, ele escolheu a cidade baiana para viver. 

Bahia tem queda de 27,5% em mortes por Covid-19 e leve alta em casos ativos


Bahia tem queda de 27,5% em mortes por Covid-19 e leve alta em casos ativos

O boletim epidemiológico divulgado no final da tarde deste domingo (11) registrou mais 71 óbitos por Covid-19. O número representa 27,5% a menos que o registrado neste sábado (10) que foi de 98. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informou ao PIRÔPO NEWS, que as mortes ocorreram em datas diversas. A pasta também anotou leve aumento de casos ativos da doença. Foram 14.170 neste sábado contra 15.118 neste domingo, alta de 6,7%.

 

A Bahia também confirmou mais 3.348 casos de novo coronavírus (taxa de crescimento de +0,4%) e 2.414 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico deste domingo (11) também registra 71 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje.

 

Dos 839.395 casos confirmados desde o início da pandemia, 807.761 já são considerados recuperados, 15.118 encontram-se ativos e 16.516 tiveram óbito confirmado. A secretaria informou que a Bahia acumula 839.395 casos desde o primeiro registro de Covid-19, no dia 6 de março do ano passado, e 16.516 mortes provocadas pela doença.

BAHIA: Governo amplia toque de recolher até 19 de abril; aulas e eventos seguem suspensos


Governo amplia toque de recolher até 19 de abril; aulas e eventos seguem suspensos

O toque de recolher entre as 20h e 5h será prorrogado no território baiano. A medida passa a valer ainda entre esta segunda-feira (12) até o dia 19 de abril. No período será vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h da próxima sexta-feira (16) até as 5h de 19 de abril.

 

Durante o toque de recolher segue restrita a locomoção de pessoas, sendo vedada a qualquer pessoa a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas. O decreto também prorroga o veto a atividades esportivas coletivas amadoras, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Em relação às academias, o funcionamento segue autorizado, desde que limitada a ocupação de 50% da capacidade, observados os protocolos sanitários estabelecidos. 

 

TRANSPORTE

Meios de transporte metropolitanos deverão ser suspensos também das 20h30 às 5h até o dia 19 de abril. No caso dos ferry boats e das lanchinas, o funcionamento também será suspenso das 20h30 às 5h do dia 12 ao dia 16 de abril. Já nos dias 17 e 18 de abril, o serviço nos ferries fica vetado, enquanto nas lanchas ficará limitado à ocupação de 50% da capacidade. 
 

AULAS
O governo também estendeu a suspensão das aulas presenciais em escolas públicas e particulares até 19 de abril, ressalvados os estágios curriculares obrigatórios dos cursos da área de saúde. 
 

EVENTOS
Seguem proibidos também eventos, independente de número de pessoas, sejam eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, recreativos, públicos ou privados, científicos, solenidades de formatura, passeatas, circos e afins.

Governo amplia toque de recolher até 19 de abril; aulas e eventos seguem suspensos
Foto: Elói Corrêa / GOVBA

O toque de recolher entre as 20h e 5h será prorrogado no território baiano. A medida passa a valer ainda entre esta segunda-feira (12) até o dia 19 de abril. No período será vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h da próxima sexta-feira (16) até as 5h de 19 de abril.

 

Durante o toque de recolher segue restrita a locomoção de pessoas, sendo vedada a qualquer pessoa a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas. O decreto também prorroga o veto a atividades esportivas coletivas amadoras, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Em relação às academias, o funcionamento segue autorizado, desde que limitada a ocupação de 50% da capacidade, observados os protocolos sanitários estabelecidos. 

 

TRANSPORTE

Meios de transporte metropolitanos deverão ser suspensos também das 20h30 às 5h até o dia 19 de abril. No caso dos ferry boats e das lanchinas, o funcionamento também será suspenso das 20h30 às 5h do dia 12 ao dia 16 de abril. Já nos dias 17 e 18 de abril, o serviço nos ferries fica vetado, enquanto nas lanchas ficará limitado à ocupação de 50% da capacidade. 
 

AULAS
O governo também estendeu a suspensão das aulas presenciais em escolas públicas e particulares até 19 de abril, ressalvados os estágios curriculares obrigatórios dos cursos da área de saúde. 
 

EVENTOS
Seguem proibidos também eventos, independente de número de pessoas, sejam eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, recreativos, públicos ou privados, científicos, solenidades de formatura, passeatas, circos e afins.

Oposição vê clima para CPI da Covid na Câmara após ordem do STF ao Senado


Oposição vê clima para CPI da Covid na Câmara após ordem do STF ao Senado

A ordem do ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), para que o Senado instale a CPI da Covid deu novo fôlego à oposição na Câmara, que vê ambiente favorável para pressionar deputados a recolher assinaturas para abrir uma comissão parlamentar de inquérito na Casa.

A articulação foi retomada após Barroso mandar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), criar o colegiado. A decisão liminar (provisória) do ministro será analisada pelo plenário do STF na quarta-feira (14).

Na decisão, Barroso afirmou que já estavam presentes requisitos necessários para abertura de comissão, como assinatura favorável de mais de um terço dos senadores, e argumentou que o chefe do Senado não poderia se omitir em relação ao tema.

Não é a primeira vez que o STF determina a instalação de CPIs a pedido da oposição. Em 2005, o Supremo mandou instaurar a dos Bingos, em 2007, a do Apagão Aéreo, e, em 2014, a da Petrobras.

Assim como Pacheco, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), já se manifestou contra a abertura da CPI. Em março, ele afirmou que o Congresso não deveria parar para investigar a gestão do governo na pandemia ou procurar culpados por erros.

Na sexta-feira (9), em evento na Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), em Arapiraca (AL), Lira voltou a rechaçar a abertura de uma CPI pela Câmara.

Segundo ele, não é o momento para "se apontar o dedo para ninguém". "Daqui a dois, três meses, esses culpados vão estar morando em outro lugar, vão estar apagadas as provas, vão estar escondidas as evidências? Não."

"Então, você [vai] mobilizar 20, 30 senadores numa sala fechada quando o Congresso está funcionando virtualmente e ter de trabalhar presencialmente para fazer política? Porque o que nós não precisamos neste momento é politizar mais um tema."

Lira disse que "quem errou vai pagar" e que o "preço de 330 mil vidas é muito alto para qualquer sociedade, mas não nesse momento e não dessa maneira". O Brasil já soma mais de 350 mil mortos pela Covid-19.

Deputados da oposição e de partidos de centro, no entanto, veem oportunidade para pressionar colegas e, assim, conseguir o mínimo de 171 assinaturas necessárias para a criação da CPI. A Câmara tem 513 parlamentares.

Segundo a deputada Perpétua Almeida (PC do B-AC), cerca de 90 deputados já haviam apoiado a criação da comissão até a última sexta-feira.

Para ela, a CPI no Senado "está assustando as hostes do governo". "Estavam preocupados de não criar CPI e agora vão ficar preocupados porque a CPI vai acontecer no Senado, onde há um grupo mais amplo que quer esclarecer esse processo", disse.

A deputada afirmou que a instalação da comissão no Senado favorece a abertura de um processo semelhante na Câmara. De acordo com ela, a medida seria barrada por Lira.

"Acho que ele separa as coisas. Para colocar uma CPI sem ser uma pressão muito grande, sozinho, ele não coloca. Ele coloca mais na frente, se sentir que os interesses do centrão estão sendo ameaçados."

Vice-líder da minoria na Câmara, a deputada Jandira Feghali (PC do B-RJ) lembrou que CPI é direito constitucional e não depende do desejo político de quem comanda a Casa.

"A demora de instalar acabou gerando essa incidência do Supremo Tribunal Federal sobre o Senado. Seria desnecessária essa incidência se houvesse a instalação pelo próprio presidente do Senado", disse.

Em sua decisão, Barroso afirmou que não cabe ao presidente do Senado fazer uma análise de conveniência em relação à abertura da CPI e que ele é obrigado a fazê-la quando estão cumpridas as exigências da Constituição sobre o tema.

Na Câmara, para conseguir as assinaturas exigidas, a oposição, que tem 125 deputados, precisaria do respaldo de deputados de centro. Feghali disse acreditar que isso é possível, incluindo o apoio de deputados de centro-direita.

"Tenho certeza de que assinarão esses pedidos de CPI, porque as denúncias são muitas, o número de mortes cresceu assustadoramente, e vários parlamentares têm interesse de investigar os crimes que se repetem do governo federal", disse.

O líder do Cidadania na Câmara, Alex Manente (SP), segue a mesma linha de Feghali. "Acho que a CPI [do Senado] cria um clima, um novo ambiente, especialmente se, de fato, for instalada rapidamente, de a Câmara também cumprir seu papel de fiscalizar essas questões da Covid."

Outros deputados veem na CPI uma forma de encontrar os responsáveis pelos erros no enfrentamento à pandemia no país e investigar a conduta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"Não podemos continuar enterrando pessoas que poderiam estar vivas se não tivéssemos um presidente tão irresponsável. A postura do governo brasileiro diante da crise é criminosa", afirmou a líder do PSOL na Câmara, deputada Talíria Petrone (RJ).

"A oposição está mobilizada para conseguir assinaturas para uma CPI. Mais que isso, já chegou a hora de um pedido de impeachment que unifique todos setores que defendem a vida."

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) também defende a instalação de uma comissão pela Câmara.

"A CPI da Covid pode ajudar no combate à tragédia da pandemia no Brasil, ajudar a acelerar a produção de vacinas no país e aperfeiçoar o SUS", disse. "Pode igualmente apontar os crimes praticados pelo presidente da República."

Mesmo deputados do centrão reconhecem que haveria espaço para criação da CPI. "Se o Bolsonaro não mudar o discurso e a estratégia no dia dia, será inevitável", afirmou Fausto Pinato (PP-SP).

Na avaliação de deputados próximos a Lira, principal líder do bloco do centrão, apesar de o presidente da Câmara ser contrário à instalação de uma CPI, a resistência poderia ser menor se a ideia fosse criar uma comissão mista de deputados e senadores, a exemplo da que já existe para apurar fake news.

Enquanto isso, o governo pressiona para que senadores retirem a assinatura do requerimento de criação da comissão parlamentar de inquérito. Assim, o requerimento passaria a ter menos de 27 apoiadores --o mínimo exigido para abrir uma CPI.

O documento hoje tem 32 nomes, entre oposicionistas e alguns que se declaram independentes ao governo. Integrantes do MDB, maior bancada do Senado, defendem a investigação.

A tentativa, porém, deve ser frustrada, porque há a avaliação de que a retirada de assinaturas agora passaria uma mensagem negativa, considerando que o requerimento foi protocolado há mais de dois meses.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que assinou o requerimento, critica a tentativa do governo. "É uma demonstração de medo da apuração e chama a atenção, porque, como bem diz o presidente da República, quem não deve não teme", afirmou.

O congressista protocolou neste sábado (10) um pedido de aditamento da CPI da Covid para ampliar o escopo, com a intenção de incluir nas investigações atos praticados por agentes políticos e administrativos de estados e municípios na gestão de recursos federais.

"Para não deixar margem de dúvida, já está apresentado, foi protocolado, e a gente vira esta página e o governo vai ter de inventar outra desculpa [para não apoiar a CPI]", disse. Após a instalação da CPI, o pedido precisa ser aprovado por maioria simples.

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo neste sábado mostrou que a decisão do STF aumentou o poder de fogo do Senado sobre Bolsonaro.

Para reagir à CPI do Senado, o governo vinha tentado convencer senadores pelo medo, alegando a possibilidade de ampliação do escopo da CPI para atingir prefeitos e governadores, o que comprometeria aliados importantes de congressistas, inclusive da oposição, pouco mais de um ano antes das eleições.

Neste sábado, o próprio Bolsonaro manifestou apoio à ampliação do escopo da comissão.

"A CPI [é] para apurar omissões do presidente Jair Bolsonaro, isso que está na ementa. Toda CPI tem de ter um objeto definido. Não pode, por exemplo, por essa CPI que está lá, você investigar prefeitos e governadores, onde alguns desviaram recursos. Eu mandei recursos para lá, e eu sou responsável?", disse.

"Conversei com alguns [senadores] e a ideia é investigar todo mundo, sem problema nenhum", afirmou. Para o presidente, a CPI foi feita pela "esquerda para perseguir e tumultuar".

Com Covid, Paulo Gustavo apresenta piora e estado de saúde é 'crítico'


Com Covid, Paulo Gustavo apresenta piora e estado de saúde é 'crítico'

O marido de Paulo Gustavo, 42, o dermatologista Thales Bretas, compartilhou novo boletim médico com o estado de saúde do humorista, que apresentou "sinais de gravidade" em decorrência da Covid-19.

"A situação clínica do paciente é crítica e todos os profissionais têm se empenhado incessantemente pela sua recuperação", diz a nota publicada neste domingo (11), no Instagram.

De acordo com o comunicado, "as diversas complicações pulmonares já demandaram procedimentos invasivos como broncoscopias, pleuroscopias e colocação de dispositivos intrapulmonares". "Às fístulas bronco-pleurais identificadas e tratadas somaram-se a complicações hemorrágicas, mas que vêm respondendo, de certa forma satisfatória, à reposição dos fatores da coagulação deficitários", explica a nota.

A família do ator agradeceu o carinho e orações que vem recebendo e pediu que "continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus". "Sigamos com fé e pensamento positivo porque Paulo é muito guerreiro e Deus está do nosso lado! Amém", encerra a nota.

Na mesma postagem, Bretas compartilhou a foto de uma viagem que Paulo Gustavo e ele fizeram ao Santuário de Fátima, em Portugal, exibindo uma imagem da santa, que foi emprestada por uma amiga. "O quadro clínico do meu amor está difícil, mas para ele nada é impossível, e nem pra Ele, nosso Deus, e essa dupla poderosa vai trazer ele de volta pra casa", desejou o dermatologista.

O ator e humorista está internado desde o dia 13 de março em um hospital do Rio de Janeiro, após receber diagnóstico de Covid. Desde o dia 21 de março, ele também estava respirando com ajuda de ventilação mecânica, ou seja, intubado.

Ele chegou a apresentar sinais de melhora, mas acabou tendo um agravamento no quadro clínico. Por causa disso, ele agora está respirando com a ajuda de ECMO (oxigenação por membrana extracorpórea), equipamento que age como um pulmão artificial e oxigena o sangue fora do corpo.

domingo, 11 de abril de 2021

SAJ: Cidade registra 02 mortes por COVID , neste domingo ( 11 )

 


João Roma vai a Serrinha para inauguração de novo espaço para artes e esportes

 

João Roma vai a Serrinha para inauguração de novo espaço para artes e esportes

O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos-BA), foi neste sábado (10) ao município de Serrinha, na região sisaleira do estado, para a inauguração do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) Orlando Alves de Souza.

 

O espaço recebeu esse nome como forma de homenagear o artista plástico e ator teatral serrinhense Orlando Alves de Souza, popularmente conhecido como Carioca. A iniciativa faz parte da Secretaria Especial da Cultura, integrada ao Ministério do Turismo.

 

“O CEU é um projeto que reúne programas e ações culturais, esportivas e de lazer, além de formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital”, explicou Roma, em suas redes sociais.

 

Também participaram do evento o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto (PSC-PE); o secretário especial da Cultura, Mário Frias; e o prefeito de Serrinha, Adriano Lima (Progressistas)

NAZARÉ: Prefeitura segue com força tarefa, desobstruíndo bueiros para escoamento das águas decorrente fortes chuvas



Em Nazaré os serviços de manutenção são constantes, todos os dias da semana equipes estão nas ruas trabalhando para manter a cidade limpa e organizada; Porém equipes de trabalho fazem um alerta sobre materiais de construção civil particular que estão expostos nas ruas e acabam entupindo bueiros e dificultando o escoamento da água. Não só esses materiais, como também lixos e entulhos que são jogados em locais inapropriados, que acabam contribuindo para o acúlmulo de água em diversos pontos da cidade. Os impactos dessa forte chuva, poderia ser ainda pior, caso Nazaré não tivesse equipes todos os dias na manutenção, com poda de árvores constante, limpeza do Rio Jaguaripe, concerto de trechos pavimentados, capina , desobstrução de bueiros e muito mais.
Vale ressaltar que diversas cidades da Bahia, estão sofrendo em 4 dias com volume de chuva que seria para o mês inteiro como alertou equipes do Clima Tempo em Salvador.
Equipe da Defesa Civil e Secretaria de Obras, estão nas ruas em alerta , para garantir a segurança da população, essa é mais uma ação da gestão municipal que preza por todos os nazarenos.

foto: André Ls Borba












Ladeira Grande recebeu Força Tarefa na manhã deste domingo ( 11 )
foto: Vice prefeito Ben Wilson Júnior 

SAJ: Moradores da Maria Preta agradecem ao prefeito Genival por capina em frente a igreja

 


Na semana passada, moradores da Maria Preta enviaram fotos ao PIRÔPO NEWS, que mostrava mato tomando conta das ruas do bairro, principalmente no entorno da  igreja. 

Os moradores enviaram novas fotos neste último sábado ( 10 ), e agradecem ao Prefeito Genival Deolino , por atender a demanda;  Ainda segundo os moradores falta o serviço de tapa buraco no local.