domingo, 28 de outubro de 2018

Confusão no Rio Vermelho: Polícia Militar agride militantes do PT

Mulher vestindo a camisa ''Lula Livre'' é agredida por policial militar - Foto: Cidadão Repórter
Foto: Cidadão Repórter


Após resultado do segundo turno de eleição presidenciável, com vitória de Jair Bolsonaro neste domingo, 28, militantes do PT que protestavam na orla do Rio Vermelho, no Largo de Santana, foram agredidos por policiais militares. 
Pessoas que estavam no local, relataram à equipe do A Tarde que os policiais teriam atirado para o alto e utilizado spray de pimenta, além de agredir uma jovem que segundo informações foi levada para o Hospiral Geral do Estado (HGE).

Em nota, a Polícia Militar informou que a confusão começou durante passagem de alguns veículos que comemoravam o resultado da eleição para presidente da república. Alguns objetos foram atirados, nos carros, e os PMs agiram rápido evitando brigas generalizadas. Neste momento, os militares foram agredidos e usaram força proporcional. Uma mulher, ainda não identificada, foi detida. Durante a condução da militante até a viatura, foi dado um disparo de arma de fogo para cima, com objetivo de dispersar o grupo que ameaçava liberar a mulher.








Fonte: A Tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário