sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Homem que recebeu indulto de Natal, é suspeito assassinar mãe, irmã e tia na véspera do Natal



-
Vítimas: O triplo homídio foi descoberto nesta segunda-feira, na véspera da noite de natal (TV Globo/Reprodução)
Um homem de 39 anos é suspeito de matar a mãe, a irmã e uma tia na casa onde elas moravam, no bairro de classe média Mandaqui, na Zona Norte de São Paulo. Ele fugiu após o crime.
O triplo homídio foi descoberto nesta segunda-feira, na véspera da noite de natal, e é investigado pela 20ª Delegacia de Polícia Civil de São Paulo, localizada no bairro Água Branca. Apesar de já identificado pela polícia, o suspeito não havia sido localizado até o início da tarde desta terça-feira.
As vítimas são uma mulher aposentada de 88 anos, mãe do suspeito; uma tia dele, de 84 anos, e a irmã, de 53, que trabalhava na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) de São Paulo.
A polícia chegou à casa onde ocorreu o crime depois de encontrar o carro de uma das vítimas abandonado e com vidro quebrado, a poucos metros de sua residência. Ao buscar seus dados pessoais, apurou que ela não ia ao trabalho desde o último sábado.
De acordo com agentes que investigam o crime, o suspeito tem passagens pela polícia por crimes como roubo e furto, e cumpria pena em uma unidade prisional de São Paulo.
Ainda segundo os investigadores, ele integraria a lista de presos que foram autorizados a deixar a cadeia temporariamente no fim de ano, para passar as festa com a família.
“Diligências estão em andamento para esclarecer o triplo homicídio e localizar o autor do crime”, informou a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, em nota oficial divulgada nesta terça-feira

vozdabahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário