terça-feira, 28 de janeiro de 2020

OMS faz correção e eleva a avaliação de risco internacional do coronavírus para 'elevado'


OMS faz correção e eleva a avaliação de risco internacional do coronavírus para 'elevado'
A Organização Mundial da Saúde (OMS) modificou a avaliação de risco internacional do coronavírus para "elevado". O novo status foi publicizado nesta segunda-feira (27). Anteriormente a entidade havia apontado o risco como "moderado", mas esclareceu que houve um "erro de formulação".

O número de mortos pela doença chegou a 82 na China, com a confirmação do primeiro caso em Pequim. O total de pessoas infectadas pelo vírus já chega a 2,7 mil.

Um grupo de brasileiros que vive na cidade chinesa de Wuhan, onde foram registrados os primeiros episódios da doença, pediu ajuda ao Itamaraty para que possa sair do país asiático.

Na semana passada, na sexta-feira (25), a economista Indira Mara Santos, de 34 anos, encaminhou uma lista com os contatos de 31 brasileiros que moram em Wuhan. A cidade é uma das que está de quarentena e a entrada e saída de pessoas está proibida.

“Chegaram a cogitar a possibilidade de sair de Wuhan e seguir para outra cidade da China. Nós não aceitamos esta opção. Queremos sair do país e, se possível, voltar para o Brasil”, disse a economista que faz doutorado na Universidade de Huazhong e foi escolhida para representar o grupo na conversa com a Embaixada do Brasil em Pequim, na China.  “A situação está se agravando aqui. Estamos todos muito preocupados com a propagação desse vírus. Nossas famílias estão preocupadas aí no Brasil. Queremos voltar para casa!”, completou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário