domingo, 3 de maio de 2020

Filho do presidente é banido de rede social após fazer brincadeira com coronavírus


Filho do presidente é banido de rede social após fazer brincadeira com coronavírus
Foto: Reprodução
Em transmissão durante partida de jogo online, o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), brincou que a Covid-19 é uma gripe passageira e a rede social, Twitch, cancelou a conta de Jair Renan. A plataforma alegou que a fala do rapaz vai de encontro com as políticas de conduta da empresa. 

Em seu Twitter, o filho de Bolsonaro fez uma publicação reclamando da atitude do Twitch. Ele alega que a rede social de vídeos aceita outros perfis que disseminam preconceitos e ódio, mas “não suportem uma brincadeira”. 

Em 20 de abril, Renan, conhecido como “04”,  insinuou que a Covid-19 era passageira: “Peguei, passou”, falou durante a transmissão do jogo na plataforma. “Gostaria de saber qual o limite de piadas e que a rede social Twitch, que tem o total poder sobre toda a liberdade de expressão, nos mostrasse o limite para que todos saibam até onde podem ir”, publicou Renan após descobrir que foi banido do Twitch.

A empresa disse ao portal de notícias UOL que: "De acordo com nossas políticas de conduta de ódio, Renan Bolsonaro foi suspenso temporariamente da Twitch por comentários feitos em sua stream e o conteúdo foi removido”. 

No mês passado o presidente da república minimizou a pandemia pelo coronavírus dizendo que não seria derrubado por uma “gripezinha”. O Brasil já apresentou mais 6 mil óbitos pela doença e foram registrados mais de 200 mil no mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário