quarta-feira, 6 de maio de 2020

Morador de Itabepi recebe alta do Couto Maia após 22 dias internado


Todos os dias, pacientes internados com sintomas graves do novo coronavírus recebem alta do Instituto Couto Maia (Icom), uma das unidades de tratamento exclusivo da Covid-19, disponibilizadas pelo Governo do Estado, em Salvador. Um dos cerca de 900 pacientes curados da doença em toda a Bahia, o autônomo Rodrigo Barbosa, 36 anos, deixou o local na manhã desta quarta-feira (6), após 22 dias de internamento.

Morador de Itapebi, no extremo-sul da Bahia, Rodrigo contou que o quadro dele se agravou muito rapidamente. "Estava em Itapebi sem sentir nada, mas minha sogra notou algo diferente e insistiu que eu fosse até um hospital. Assim que cheguei em Porto Seguro, precisei ser transferido já desacordado para o Couto Maia, onde me vi entubado na UTI. Não foi fácil, mas o tratamento espetacular que todos dispensaram a mim foi um fator determinante para a minha recuperação. Todos, inclusive o pessoal da limpeza, foram muito importantes", reforçou o agora ex-paciente.

Rodrigo, que sobrevive da venda de livros, acredita que estar curado da Covid-19 é o mesmo que ter uma segunda chance na vida. "Recebi minha segunda oportunidade de estar vivo e saio muito mais forte dessa experiência. Para a minha família, a data de hoje, desta alta, é meu segundo aniversário. Só tenho a agradecer a Deus, ao Instituto Couto Maia e a todos de Itabepi que oraram por mim", celebrou emocionado.

*Coronavírus na Bahia*

De acordo com o último boletim emitido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), a Bahia já registra 4.040 casos confirmados do novo coronavírus, sendo que 3.032 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, que são considerados como casos ativos da doença. Até o momento, são 146 óbitos, em todo o território estadual. 

Outras informações podem ser obtidas por meio do site www.saude.ba.gov.br/coronavirus

Vanessa SECOM enviado ao PIROPO NEWS

*_Repórter: Renata Preza_*
*_Fotos: Elói Corrêa/GOVBA_*

Nenhum comentário:

Postar um comentário