sábado, 13 de junho de 2020

Jovem confirmada com a Covid-19 em S. A. de Jesus expôs desatenção da saúde no município: “até hoje eu espero o médico”

-


Em entrevista ao Voz da Bahia, a jovem Caroline Lopes, 23 anos, estudante de engenharia da UFRB, moradora do bairro Andaiá em Santo Antônio de Jesus, afirma se manter isolada da família após ter descoberto infecção por Covid-19 através de exame feito em clínica particular. Ao Voz da Bahia nesta sexta-feira (12), Caroline expôs negligência do município.
Segundo ela, em sua casa, sua mãe e irmã já tinham apresentados sintomas, mas por suspeitarem de gripe ou dengue não buscaram o teste de imediato.
Na sexta-feira (05), Caroline ao procurar o Voz, contou que teve falta de ar e já suspeitando da Covid-19, ela e sua família entraram em contato com o Núcleo de Atendimento de Saúde no município na esperança de poderem fazer os testes na Unidade de Saúde do bairro caso agravasse os sintomas. Caroline disse ter buscado o Posto e lá recebeu apenas uma receita de medicamentos, depois disso ela permaneceu sentindo falta de ar e segundo ela, os profissionais não entraram em mais contato, “passei muito mal, não estava aguentando ficar de pé, os únicos medicamentos que tinham indicado foram dipirona e paracetamol, só que esses não funcionam para falta de ar”, exibe.
A entrevistada declarou ainda que por não ter tido um atendimento adequado pelos prepostos da saúde, ela e sua família decidiram, mesmo sem condições financeiras, custear um exame em clínica particular. “Apesar de minha mãe e irmã também apresentarem os sintomas, foi decidido fazer apenas o teste em mim, que logo após o resultado constatou positivo para a Covid-19”, contou.
Assim que recebeu o resultado dos exames, Caroline avisou ao município, ela salientou ao Voz da Bahia que ninguém da Secretaria de Saúde de Santo Antonio de Jesus buscou sua família para fazer o devido acompanhamento. “Fiz o teste até porque estava preocupada com o agravamento dos sintomas, por já ter tido bronquite asmática na infância. Até mesmo depois do resultado positivo, a secretaria só entrou em contato comigo na quinta-feira (11), foi uma falta de atenção deles”, disse.
Seus familiares moradores do bairro do Amparo buscaram o posto de saúde do bairro e passaram pela mesma situação, “meu tio hoje se encontra em estado grave em Salvador com suspeita do coronavírus aguardando resultado do exame, ele morava com mais 22 pessoas, outra tia minha que mora com ele fez o teste do próprio bolso e deu positivo. Nós entramos em contato com a vigilância e com a secretaria e até hoje não conseguimos os outros testes”, garantiu.
Para a jovem, quando os prepostos da saúde entravam em contato perguntavam as mesmas coisas como se fosse a primeira vez que estivessem falando com ela, “pedindo os mesmos dados, falando que iriam fazer as mesmas fichas, a partir da terceira vez que vimos que estavam sendo negligentes comecei a tirar print e gravar as conversas, pois, é a unica prova de que não estamos sendo atendidos. Foi orientado ‘aguarde o retorno do médico’, até hoje eu espero o médico retornar e não consegui. Graças a Deus a falta de ar no dia foi regularizada, não sinto mais dores no abdômen e consigo respirar melhor”, revelou.
Caroline disse esperar uma mudança nos atendimentos do município e avisou já se sentir bem melhor, “só me expus porque eu acho que isso é um descaso o que esta sucedendo, acredito que não esteja acontecendo só com minha família. Essa é uma maneira de alertar as pessoas e que de alguma forma eles consigam dá um pouco mais de atenção. Desde ontem me sinto mais disposta, a falta de ar passou, a dor no peito está indo embora, ainda estou sem o olfato, sigo em isolamento no 12ª dia, acredito que com mais 3 dias já posso sair do isolamento de dentro do quarto da casa”, garantiu.
O Voz da Bahia entrou em contato com Secretario de Saúde, Dr. Leandro Lobo mais até o fechamento desta matéria não obteve êxito. Acreditamos que o mesmo, não deva ter informações sobre os relatos apresentados pela jovem. O site deixa a disposição para os esclarecimentos da pasta.
ASSISTA ABAIXO:
Reportagem: Voz da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário