segunda-feira, 8 de junho de 2020

SAJ: Agentes Comunitários de Saúde emitem nota reivindicando testes rápidos e EPIs; confira!


-
Imagem ilustrativa | Foto: Leticia Scheifer
Na tarde deste domingo (7), a categoria de Agentes Comunitários de Saúde da cidade de Santo Antônio de Jesus reivindicaram através de nota, a distribuição em massa de testes rápidos e equipamentos proteção individual (EPI), devido a suas atuações na linha de frente no apoio da população diante da pandemia do novo coronavírus.
Segundo os colaboradores, a falta de insumos de prevenção não tem deixado os agentes tranquilizados, e sem a devida testagem dos profissionais, os mesmos não sabem se são portadores da doença.
Confira nota abaixo:
Profissionais de Saúde reivindicam testes rápidos para Covid-19 sendo medida para garantir a segurança dos Agentes Comunitários de Saúde. Somos no município de Santo Antônio de Jesus 174 ACS destes 134 estão atuando nas áreas, os demais são do grupo de risco e estão trabalhando no domicílio. O exame que estamos solicitando é para rastrear possíveis casos de infecção da doença nos ACS.
Associação dos Agentes Comunitários de Saúde, vem buscando a articulação intersetorial, fazer parte deste planejamento, porém geralmente vem sendo tomado pelas informações passadas pelas autoridades declaração via live e Decretos. A margem da gestão participativa não nos envolvemos neste processo de construção em momento de crise.
A classe está vulnerável sendo um profissional importante na Atenção Primária. É inevitável não se preocupar quando expõe em rede social os Agentes Comunitários de Saúde. Diante das queixas recebidas pelos Agentes de Saúde está havendo uma contradição na afirmação do Prefeito quando ele diz que estes profissionais estão tendo prioridade nos atendimentos e os Agentes Comunitários de Saúde alegam que estão tendo dificuldade no atendimento e testagem dos casos de suspeita Covid-19. Sem contar que podemos ser um vetor de transmissão para a população uma vez que a continuação é Comunitária.
Estamos lutando para distribuição de Equipamentos de Proteção Individual – EPI de qualidade para todos os profissionais de saúde em especial os Agentes Comunitários de Saúde. Reivindicamos distribuição em massa de testes rápidos e quando necessário RT PCR tanto para monitoramento da população como, acima de tudo dos profissionais de Saúde.
Ressalto que recebemos da Secretaria Municipal de Saúde e agradecemos 134 máscaras de acrílico destes 31 estavam danificadas e não fizeram reposição e os ACS que estão no isolamento não receberam o Equipamento de Proteção Individual. Reforço que os testes rápidos ajudaria a tranquilizar os Agentes Comunitários de Saúde. Neste momento não dispomos de máscara cirúrgica descartável; Álcool a 70%; luva descartável; touca; Avental descartável impermeável e panfletos ou outros insumos para trabalho de prevenção nos territórios, não recebemos até hoje na sede da Associação dos ACS.
Assegurar este direito de Equipamento de Proteção Individual e Testagem para o Covid-19 dos Agentes Comunitários de Saúde será o nosso maior desafio para o enfrentamento da Pandemia, mesmo que não apresente sintomas clínicos ou seja os assintomáticos ou não, é importante a testagem, sendo um ato de respeito à vida. A ampla testagem é um dos pilares da Organização Mundial da Saúde para controle da doença bem como o isolamento social.
Associação dos Agentes Comunitários de Saúde está trabalhando por uma categoria que está o tempo todo vulnerável pela contaminação do Covid-19. E estamos à disposição da imprensa e autoridades. Atenciosamente, Maria Aparecida Cardoso Lima Souza mais conhecida como Cida Lima Presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde.
Redação: Voz da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário