segunda-feira, 20 de julho de 2020

Japonês da Federal é condenado a perda de cargo por facilitar contrabando

Japonês da Federal é condenado a perda de cargo por facilitar contrabando
Foto: Divulgação

O agente da Polícia Federal Newton Hinedori Ishii, conhecido como o “japonês da federal”, foi condenado a perda do cargo público e a pagar multa de R$ 200 mil por facilitação de contrabando. A condenação foi proferida pelo juiz Luis Ruivo Marques, da 1ª Vara da Justiça Federal de Foz do Iguaçu. 

Ishii foi condenado por envolvimento em uma quadrilha composta por 22 agentes da PF, quatro servidores da Receita Federal e dois policiais rodoviários federais. Eles atuariam em um esquema de facilitação de contrabando pela fronteira entre Brasil e Paraguai. Na decisão, o juiz ressalta que o réu escolheu o tipo de mercadoria que aceitaria facilitar e, “ainda, fixou o preço da propina a ser cobrada pela omissão na atribuição de combater o crime que lhe foi conferida pelo Estado”. 

O magistrado citou ainda um telefonema interceptado com autorização judicial em que o agente informa a placa de um veículo para que um policial corrupto deixe de fiscalizar ou simule a fiscalização, beneficiando a quadrilha de contrabando. 


BN

Nenhum comentário:

Postar um comentário