sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Mãe de motoboy humilhado diz que educação "vem de berço e o dinheiro não compra"

Mãe de motoboy humilhado diz que educação "vem de berço e o dinheiro não compra"

A mãe de Mateus, o motoboy que foi humilhado durante uma entrega em um condomínio de luxo, publicou um desabafo em sua rede social onde critica à agressão moral sofrida por seu filho, lamentando a chance de que o caso seja esquecido, "como sempre acontece".

"Ele foi racista com um entregador que estava apenas fazendo o seu trabalho, e esse ser xingou e humilhou um trabalhador, se achando melhor que ele por morar em um condomínio de luxo", escreveu a mulher identificada como Maria Pires.

"Pois saiba ninguém é melhor que ninguém por ser rico ou ser branco e como (ele) é de família rica isso vai acabar no esquecimento, como sempre acontece", destacou a mãe do rapaz.

Segundo Maria, o ataque verbal sofrido por seu filho foi também de conotação racial. "Racismo é crime e esse entregador é meu filho um trabalhador honesto e que não precisa sentir ou ter inveja de um escroto como esse pois ele não é", disse ela.

"Mesmo tendo dinheiro pra comprar tudo o que quiser, jamais comprará a educação o respeito, pois isso vem de berço e o dinheiro  não compra jamais", concluiu.

Homem humilha entregador de aplicativo com ofensas racistas; veja vídeo

[Homem humilha entregador de aplicativo com ofensas racistas; veja vídeo]

Um vídeo que mostra um homem humilhando um entregador de aplicativo com ofensas racistas, em um bairro de classe média alta de Valinhos, interior de São Paulo, viralizou nas redes sociais na manhã de hoje (7). As imagens foram publicadas pela mãe do entregador Matheus Pires e repercutidas pelo líder do movimento de entregadores de apps antifascistas, conhecido como Galo.
"Você tem inveja disso aqui. Moleque, escuta aqui, você tem inveja dessas famílias aqui, você tem inveja disso aqui [aponta para a cor da pele]. Você nunca vai ter! Shhh! Você é semianalfabeto", afirma o homem que humilha o entregador no vídeo. Constrangido, o trabalhador responde que tem onde morar. O homem ainda chama o entregador de "lixo" e pergunta quanto ele ganha por mês.
Assista:

2 comentários:

  1. Tem mais um pouco de educação vc pode ter tudo mas não tem nada pois Deus não dá asas a cobra aprende a lidar com os outros analfabeto e vc que não sabe ter educação

    ResponderExcluir
  2. Tem mais um pouco de educação vc pode ter tudo mas não tem nada pois Deus não dá asas a cobra aprende a lidar com os outros analfabeto e vc que não sabe ter educação

    ResponderExcluir