quinta-feira, 22 de outubro de 2020

"Minha memória vai se apagando vagarosamente", diz Silvio Santos em carta

 Silvio Santos 

Silvio Santos redigiu uma carta, divulgada nesta semana por familiares, para o prefácio do livro "Sonho Sequestrado". A obra, escrita por Marcondes Gadelha, relata a corrida do apresentador às eleições presidenciais de 1989. 

Datada de 31 de julho de 2020, Silvio Santos se mostra espirituoso e fala sobre memórias perdidas: "Como muito de meus órgãos, incluindo o óbvio, que não funciona há muito tempo, minha memória a cada dia que passa vai se apagando vagarosamente. Este seu livro me lembra de acontecimentos que eu já tinha esquecido e me deixa emocionado a cada página que leio".




Fonte: IG Gente


Nenhum comentário:

Postar um comentário