sábado, 14 de novembro de 2020

Justiça Eleitoral descarta irregularidades na votação deste domingo

[Justiça Eleitoral descarta irregularidades na votação deste domingo]
Foto : Antônio Augusto/Ascom/TSE

 Em meio à divulgação de teorias conspiratórias sobre supostas falhas no sistema de urnas eletrônicas, a Justiça Eleitoral descartou irregularidades na votação deste domingo (15). O secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Giusepp Janino, sustenta que as décadas de trajetória dos pleitos informatizados são suficientes para ressaltar a eficiência do processo. 

Além disso, os testes públicos, feitos com o objetivo de identificar falhas, têm sido eficazes: mais de meia centena de planos de invasão às urnas foram arquitetados, mas nenhum teve sucesso.

Em vídeo divulgado pelo TSE, Giusepp Janino falou sobre a segurança do processo eletrônico de votação. As urnas, além de autônomas, o que descarta a necessidade de energia elétrica para funcionar, deixando os eleitores menos expostos a transtornos causados por quedas de energia, possuem um cartão de memória responsável por armazenar os votos. Caso uma delas quebre, o cartão é transferido e, assim, os escolhidos do eleitorado não se perdem.


Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário