sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Bahia reintegra Ramírez; cláusula antirracista será incluída nos contratos dos jogadores


Bahia reintegra Ramírez; cláusula antirracista será incluída nos contratos dos jogadores

O Bahia decidiu reintegrar o meia Juan Ramirez, após a perícia contratada pela agremiação não ter comprovado a denúncia feita por Gérson, do Flamengo, que acusou o colombiano de ter praticado injúria racial  na partida contra o rubro-negro carioca, no último domingo (20), no Maracanã. A decisão foi anunciada pelo clube nesta quinta-feira (24).

 

“Os laudos das perícias em língua estrangeira contratadas pelo Bahia não comprovam a injúria racial e o clube entende que, mesmo dando relevância à narrativa da vítima, não deve manter o afastamento do atleta Índio Ramírez ante a inexistência de provas e possíveis diferenças de comunicação entre interlocutores de idiomas diferentes. O papel do Bahia é de formação e transformação, sempre preservando os direitos fundamentais e a ampla defesa. O atleta deverá ser reincorporado ao elenco tão logo os profissionais da comissão técnica e psicólogos entendam adequado”, diz o clube, por meio de nota.

 

Além da decisão de reintegrar Ramirez, o Bahia anunciou medidas que serão adotadas para combater o racismo no futebol, entre elas a inclusão de cláusula anti-racista, xenofóbica e homofóbica no contrato dos atletas.

 

MEDIDAS ANUNCIADAS PELO BAHIA

1. Inclusão de cláusula anti-racista, xenofóbica e homofóbica no contrato dos atletas.
2. Proposta de criação de protocolo antidiscriminatório para jogos de futebol no Brasil.
3. Implantação do projeto “Dedo na Ferida” para o elenco na pré-temporada. Não haverá jogador ou jogadora que vista a camisa do Bahia sem que tenha antes a oportunidade de obter acesso a uma imersão sobre racismo estrutural.
4. Encaminhamento junto à mesa do Conselho Deliberativo do clube para incorporação de cotas raciais nas próximas eleições.
5. Inclusão de espaço no Museu do Bahia dedicado ao combate e debate do racismo, xenofobia, sexismo e LGBTfobia e demais formas de intolerância.
6. Apoio ao projeto de lei que Cria o Dia Nacional Da Luta Contra o Racismo no Futebol

Foto: Andre Melo Andrade / Immagini / Folhapress

Nenhum comentário:

Postar um comentário