sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Covid-19: Chile é o 1º país da América do Sul a aprovar uso emergencial da vacina da Pfizer

 


Imunizante já está sendo aplicado, também de forma emergencial, no Reino Unido, EUA e Canadá

A agência reguladora de medicamentos no Chile informa que aprovou hoje (16) o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica americana Pfizer em parceria com o laboratório alemão BioNTech.

Com a aprovação, o Chile é o primeiro país da América do Sul a aprovar um imunizante em caráter de aplicação emergencial contra a Covid-19. A vacina já está sendo aplicada, também de forma emergencial no Reino Unido, EUA e Canadá, além de já ter recebido autorização de uso na Arábia Saudita e no México.

O Chile tem um acordo para comprar 10 milhões de doses da vacina contra Covid-19 da Pfizer; 14,4 milhões de doses da vacina produzida pela farmacêutica americana AstraZeneca com a Universidade de Oxford; e 60 milhões de doses, ao longo de três anos, da vacina feita pela farmacêutica chinesa Sinovac.

Nenhum comentário:

Postar um comentário