quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

'Não vou tomar vacina e ponto final', diz Bolsonaro sobre imunizante para Covid-19

 O presidente disse acreditar que a pandemia está no final e que “estamos próximos a uma imunidade de rebanho”

['Não vou tomar vacina e ponto final', diz Bolsonaro sobre imunizante para Covid-19]
Foto : Isac Nóbrega/PR

Por Luciana Freire 

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (15) que vai dar sinal verde à compra e à aplicação de todas as vacinas contra o coronavírus que forem autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas que ele não vai tomar o imunizante.

“Eu não vou tomar vacina e ponto final. Minha vida está em risco? O problema é meu”, disse o presidente, reforçando que vai liberar R$ 20 bilhões para a compra dos imunizantes e que a vacinação não pode ser obrigatória. “É universal, à disposição de quem quiser. Mas tem que ter responsabilidade. O fabricante fala que não é responsável por efeito colateral nenhum”, diz Bolsonaro em entrevista ao programa da Band, Brasil Urgente.

O presidente afirmou ainda que acredita que a pandemia está no final e que “estamos próximos a uma imunidade de rebanho”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário