quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

Vereador Cristiano Sena fala sobre presidir posse do prefeito e vereadores e declara voto a Chico de Dêga para presidência da Câmara

 

O vereador reeleito em Santo Antônio de Jesus, Cristiano Sena, protocolou na justiça um mandado de segurança contra um possível ato ilegal do atual presidente da Câmara, Antônio Nogueira.

Segundo Sena, o regimento da Casa foi violado após Nogueira indicar o vereador Uberdan Cardoso, que assume o papel de 1º secretário da Mesa Diretora, para presidir os atos solenes de posse dos vereadores, prefeito e vice-prefeito.  Na petição, o edil afirma que Cardoso não possui competência para tanto e poderá comprometer a lisura do ato administrativo. Cristiano Sena ocupa o cargo de vice-presidente da Mesa e alega que, por ter o mesmo número de mandato, deverá presidir a sessão solene. Numa entrevista à Rádio Andaiá FM. Na manhã desta quinta-feira (31), o vereador Cristiano Sena explicou que precisa cumprir a lei, por isso recorreu à justiça, “A gente teve que entrar com essa ação para derrubar o ato, nada contra ninguém. O professo Uberdan interpretou o artigo da forma dele, mas tem que ser da forma que é”, disse.

A posse do prefeito e vereadores eleitos será no dia 01 de janeiro de 2021 no Centro Cultural.

Na oportunidade, ele declarou voto a Chico de Dêga para presidência da Câmara de Santo Antônio de Jesus, “Nada contra Delcio, mas ele já tem 9 mandatos, já foi presidente quatro vezes, precisamos renovar o processo. Chico é meu amigo, uma pessoa que tem todos os requisitos para presidir a Câmara de forma responsável”, disse. Questionado se vai ser oposição do prefeito eleito Genival Deolino, Sena garantiu que não vai ser contra a ninguém, “Nunca fiz oposição a prefeito nenhum que quer trabalhar pela nossa cidade. Nunca fiz e nem faço”, frisou.



Blog do Valente 

Nenhum comentário:

Postar um comentário