segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Salvador: Depois de invadir casa e simular sequestro, bandidos são presos em Sete de Abril

 

-
(Foto: Alberto Maraux/SSP)

Depois de simular um sequestro, quatro bandidos foram presos no bairro de Sete de Abril, no fim da tarde deste domingo (10). Os suspeitos invadiram uma casa ainda durante a manhã, tentando fugir da Polícia Militar .

Eles chegaram a divulgar vídeos nas redes sociais em que um dos criminosos fingia ser um refém, morador do imóvel. No entanto, não havia nenhum refém e os quatro homens que apareciam nos vídeos eram da mesma quadrilha.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), a polícia tinha recebido uma denúncia anônima de que homens armados estava, praticando crimes no bairro de Castelo Branco, na Rua Adriana Farias. Assim, equipes da Polícia Civil e da Polícia Militar – da 47ª CIPM, 50ªa CIPM, Gêmeos, COE e Graer – localizaram os homens e houve confronto.

Eles fugiram e entraram na casa, que fica na Rua Agnaldo Santos, no bairro de Sete de Abril. Com apoio do Águia, Cipe Polo Industrial, Gerrc e Bope, a negociação foi iniciada. Após duas horas de negociações, os criminosos se renderam.

Na ação, foram apreendidas duas submetralhadoras calibre 9mm, uma pistola calibre 380, carregadores e munições. Um dos indivíduos estava ferido e foi encaminhado ao Hospital Eládio Lasserre, em Cajazeiras. Os outros três criminosos foram encaminhados ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Entenda o caso
Um grupo de bandidos invadiu uma casa no bairro de Sete de Abril de abril e teria feito os moradores reféns, na manhã deste domingo (10).

De acordo com a Polícia Militar, a situação começou por volta das 7h30, quando receberam a denúncia de que homens armados estavam praticando crimes na região.

No entanto, quando a equipe chegou à localidade conhecida como Mangueira, parte dos suspeitos conseguiu fugir. A outra parte do grupo invadiu a casa e, às 16h deste domingo, a PM ainda negociava a rendição deles.

Os bandidos enviaram vídeos que circulam pelas redes sociais em que ameaçam um homem supostamente feito de refém. “Se atirar em nós, o refém vai morrer”, diz um suspeito, em um dos vídeos.

Nas imagens, os bandidos afirmam que a casa fica em Castelo Branco, não em Sete de Abril, como disse a polícia. Eles alegavam que os policiais estariam atirando contra eles.

(Correio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário