quarta-feira, 10 de março de 2021

‘Não siga nenhuma decisão imbecil do presidente, vou tomar e quero fazer propaganda’, diz Lula ao defender vacinação

Foto: reprodução

Em seu primeiro discurso após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin que anulou as suas condenações, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva falou menos sobre o processo ao qual responde na Justiça — que costumava ser o foco de suas últimas falas — e mais sobre a situação do país.

“Se tem um brasileiro que tem razão de ter muitas e profundas magoas sou eu. Mas não tenho”, disse. “O sofrimento do povo brasileiro é maior do que qualquer crime que tenham cometido contra mim”, afirmou o ex-presidente.

Thank you for watching

Lula falou sobre a pandemia, a importância da vacinação, agradeceu aos trabalhadores do SUS, fez aceno às Forças Armadas e à Polícia, agradeceu à líderes internacionais, falou sobre economia e distribuição de renda.

Embora tenha dito que “é cedo” para pensar em candidatura para 2022, Lula teve um discurso mais conciliário do que os que fez após sair da prisão e se aproximou de sua postura de quando era candidato — que ficou conhecida como ‘Lula Paz e Amor’. Também se posicionou como a antítese de Bolsonaro.

“Não tenham medo de mim”, afirmou. “Eu sou radical porque quero ir na raiz dos problemas deste país.”

Lula também contou histórias de quando estava na prisão. Disse que as marmitas enviadas por sua namorada chegavam frias, mas que “um operário de chão de fábrica” sabe como esquentar marmita.

Veja abaixo os destaques do discurso do ex-presidente Lula.

‘Tome vacina’

Lula lembrou que está com 75 anos e disse que pretende se vacinar contra o coronavírus com qualquer vacina que esteja à disposição.

“Na semana que vem, eu vou tomar a minha vacina, não me importa de que país, não me importa se é uma ou duas só, eu vou tomar minha vacina, e quero fazer propaganda para o povo brasileiro”, afirmou. “Não siga nenhuma decisão imbecil do presidente da República e do ministro da Saúde, tome vacina. Tome vacina, porque a vacina é uma das coisas que pode livrar você do covid.”

“E não ache que você possa tomar a vacina e já tirar a camisa, ir pro boteco, pedir uma cerveja gelada e ficar conversando, não! Você precisa continuar fazendo o isolamento, e você precisa continuar usando máscara e utilizando álcool em gel.”

O ex-presidente também agradeceu “os heróis do SUS” pelo seu trabalho e lamentou o fechamento de negócios na pandemia, dizendo que é responsabilidade do governo encontrar uma solução para esse problema.

Lula diz também que precisa “montar uma frente ampla para combater a pandemia, para as vacinas” e que não é hora de “gastar energia” pensando em disputa eleitoral.





BBC 

Nenhum comentário:

Postar um comentário