domingo, 21 de março de 2021

Polícia interrompe balada clandestina na zona sul de São Paulo




A operação aconteceu na região de Interlagos e teve a participação das polícias Civil e Militar, da Vigilância Sanitária e do Procon


Uma balada clandestina com pelo menos 50 pessoas foi interrompida em uma casa noturna na região de Interlagos, zona sul de São Paulo, na madrugada deste domingo (21), durante uma nova ação conjunta entre agentes da segurança pública e da saúde. A operação aconteceu na casa noturna El Divino Bar, localizada na Avenida Atlântica. Participaram da ação as polícias Civil e Militar, a Vigilância Sanitária e o Procon. O deputado federal Alexandre Frota (PSDB) acompanhou a fiscalização.

Os policiais flagraram frequentadores aglomerados na balada, muitos deles sem usar máscaras para se protegerem do coronavírus. O organizador do evento foi identificado e deverá ser responsabilizado pela realização da festa em meio à pandemia. 

Desde segunda-feira (15), o estado de São Paulo está na fase emergencial do Plano São Paulo, ou seja, festas e aglomerações como a encontrada na casa noturna de Interlagos estão proibidas. Essa é a etapa mais restritiva contra a covid-19 adotada pelo governador João Doria (PSDB) até então. Mais rígida que a fase vermelha, a medida inclui o que o governo chamou de "toque de recolher" entre 20h e 5h e proibição de eventos religiosos e esportivos até o dia 30 de março.

UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário