domingo, 25 de abril de 2021

Bolsonaro diz que Exército pode 'ir às ruas' contra restrições de prefeitos e governadores


Bolsonaro diz que Exército pode 'ir às ruas' contra restrições de prefeitos e governadores

Contrário a medidas de restrição de circulação, como o lockdown, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que o Exército pode ir às ruas para evitar que isso aconteça no país. Em muitos lugares do Brasil, inclusive na Bahia, o governo estadual impôs restrições para conter a circulação do coronavírus. Atualmente, o estado ainda está sob toque de recolher, das 20h ou 21h até as 5h.

 

Mas Bolsonaro luta contra essas medidas. "O nosso Exército, se precisar, iremos para as ruas não para manter o povo dentro de casa mas para restabelecer todo o artigo 5º da Constituição. E se eu decretar isso, vai ser cumprido esse decreto. As Forças Armadas podem ir para a rua sim. Para fazer valer o artigo 5º, direito de ir e vir, direito ao trabalho, liberdade religiosa, de culto, para cumprir tudo aquilo que está sendo descumprido por parte de alguns governadores, prefeitos", disse o presidente da República em entrevista à TV Crítica, do Amazonas, nesta sexta-feira (23).

 

Mesmo com a pandemia descontrolada no Brasil, que já possui mais de 386 mil mortes confirmadas em decorrência da Covid-19, Bolsonaro insiste em dissociar a crise econômica da crise sanitária. Segundo o jornal O Globo, ele disse que, caso ocorra problemas com as políticas de quarentena, tem o plano de "como entrar em campo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário