OLIMPÍADAS



domingo, 25 de abril de 2021

Pastor é preso suspeito de arquitetar assassinato da esposa com ajuda de amante

 




O pastor foi preso em Santa Catarina, estado onde aconteceu o crime. Já a amante foi encontrada escondida em uma igreja evangélica no Recife (PE)

Três suspeitos de envolvimento no assassinato da atendente Mariane Kelly Souza, de 35 anos, foram localizados e presos em Santa Catarina e em Pernambuco. O marido da vítima, o pastor Joedison Santos, é o principal suspeito do crime, e teria contado com a ajuda da amante para assassinar a esposa.

Todas as prisões aconteceram na quinta-feira (22/4), 14 dias após o crime. De acordo com a Polícia Civil, o pastor Joedison, conhecido como Jota, foi preso na cidade onde aconteceu o homicídio, em Itajaí, em Santa Catarina. A amante, identificada como Shirlene Santos, foi presa após ser localizada escondida em uma igreja evangélica no centro do Recife, em Pernambuco. O terceiro suspeito preso, identificado como Lucas Fernandes, e genro de Shirlene, também foi encontrado em uma igreja, mas na Zona Oeste da cidade. 

Jota tinha uma relação extraconjugal com Shirlene, e segundo a polícia, os amantes planejavam ficar com a casa de Mariane para viverem juntos. O pastor estava foragido desde o dia do crime e antes de fugir chegou a fazer uma denúncia, alegando que a esposa estava desaparecida.

FONTE: correiobraziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário