quarta-feira, 5 de maio de 2021

WhatsApp permite envio de dinheiro entre usuários ( VEJA )



O WhatsApp começou neste dia (4), permitir  que pessoas transfiram dinheiro para outras pessoas, assim como enviam mensagens, áudios, vídeos ou fotos. Não haverá cobrança de taxas, mas a facilidade por enquanto só está disponível para clientes de duas bandeiras de cartões e de nove empresas financeiras do país - veja mais abaixo.

Assim, o serviço de transferência de valores via WhatsApp vai estar disponível imediatamente para uma pequena fatia dos cerca de 130 milhões de usuários que a plataforma tem no Brasil. Segundo o diretor de operações do WhatsApp, Matt Idema, a nova operação vai começar a ser oferecida a um pequeno grupo de usuários no país para, gradualmente, chegar aos demais. O executivo não detalhou o percentual de usuários que poderão usar o serviço já hoje nem em quanto tempo a oferta será expandida.

"Acreditamos que esse serviço vai ser mais impactante nesse momento, de pandemia, em que as pessoas estão isoladas, porque enviar dinheiro de forma digital é mais seguro. Também acreditamos que esse serviço vai ajudar milhões de pessoas que não têm acesso a bancos, porque elas poderão participar do mercado. Matt Idema, diretor de operações do WhatsApp Segundo Idema, as pessoas com a função já ativada poderão convidar amigos e familiares para utilizar os pagamentos no WhatsApp também. Uma conta habilita o serviço de outras automaticamente ao enviar uma transferência de qualquer valor. A partir daí, o contato que recebeu o dinheiro já terá o serviço automaticamente habilitado.

Os bancos que participam da plataforma também poderão convidar seus clientes para se inscrever e usar os pagamentos no WhatsApp.

Bancos participantes Inicialmente, o serviço será habilitado para usuários do aplicativo com cartões de débito, pré-pago ou combo do Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú Unibanco, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicredi, com as bandeiras Visa e Mastercard.

fonte: economia.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário