OLIMPÍADAS


terça-feira, 22 de junho de 2021

Deputada faz vídeo com fuzil em helicóptero e critica demora na captura de Lázaro

 

Deputada faz vídeo com fuzil em helicóptero e critica demora na captura de Lázaro

A deputada federal  Magda Moffato (PL/GO) publicou um vídeo nas redes sociais no qual aparece em um helicóptero e de posse de um fuzil, arma de uso restrito das forças policiais, de acordo com o Estatuto do Desarmamento. A deputada critica da demora na captura de Lázaro Barbosa, criminoso de alta periculosidade procurado há 13 dias pelas polícias de Goiás e do Distrito Federal (DF). 

 

“Te cuida, Lázaro. Se o Ronaldo Caiado não deu conta de te pegar, eu estou indo aí te pegar. Comandante, rumo para Cocalzinho”, afirmou no vídeo. 

 

 

O governo de Goiás se manifestou por meio de nota e caracterizou como “desrespeito” o comportamento da parlamentar. 

 

Ao G1, a assessoria de imprensa do governador afirmou que esse assunto será tratado exclusivamente pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), que coordena a força-tarefa em Cocalzinho, cidade para onde Lázaro fugiu depois de fazer uma chacina em Ceilândia, no DF.

 

Além de afirmar que o posto é desrespeitoso, o órgão disse que “os profissionais que estão diuturnamente dedicados a força-tarefa não merecem que seja desviada a atenção do propósito de garantir a paz da população da região e capturar Lázaro Barbosa”.

 

De acordo com a reportagem, a assessoria da deputada afirmou que o fuzil está registrado no nome da parlamentar e que ela tem posse e porte de arma de fogo, por isso, pode adquirir o armamento e está autorizada a utilizá-lo. A deputada afirmou ainda que o helicóptero está em seu nome e a situação da aeronave está regularizada.

 

Em nota, a Câmara dos Deputados afirmou que "para apurar conduta de deputado, é necessário que seja formalizada representação, nos termos do Código de Ética e Decoro Parlamentar".

 

Ao todo, 270 agentes das forças de segurança pública de Goiás e do Distrito Federal procuram o fugitivo com helicópteros, cães farejadores e drones, além das estratégias de inteligência traçadas pela SSP-GO

Nenhum comentário:

Postar um comentário