quarta-feira, 30 de junho de 2021

'Me excedi, mas continuo contra o que vi', diz Sikeira ao tentar se retratar com LGBTQIA+

 

'Me excedi, mas continuo contra o que vi', diz Sikeira ao tentar se retratar com LGBTQIA+
Foto: Reprodução / RedeTV!


Sikêra Jr. pediu desculpas publicamente após perder grandes patrocinadores e ser alvo de uma ação do Ministério Público Federal (MPF) por declarações homofóbicas dadas no programa 'Alerta Nacional', da RedeTV!.

 

O apresentador afirmou estar recebendo ataques após chamar gays de "raça desgraçada". 

 

"Eu preciso reconhecer que me excedi, no calor do comentário, defendendo a inocência de crianças que eu sempre defendi. Posso ter usado palavras que me arrependo, sou humano. Errei, erro e vou errar".

 

 

Apesar de ter se desculpado, Sikêra não mudou a opinião e segue firme na defesa da "família tradicional brasileira". 

 

"Eu tenho sofrido muito por conta desta situação. Eu tenho a responsabilidade de pedir desculpas publicamente. Vou seguir nesta batalha para defender as crianças e a família tradicional, mas sem desrespeitar quem pensa diferente de mim. Você que discorda também é muito bem-vindo aqui", disse.

 

 

A ação movida pelo MPF, em conjunto com a associação que atua na defesa dos direitos humanos da população LGBTQIA+ Nuances – Grupo Pela Livre Expressão Sexual, pede R$ 10 milhões em indenização por danos morais coletivos.









BN  

Nenhum comentário:

Postar um comentário