OLIMPÍADAS


sábado, 24 de julho de 2021

Com fim de contrato no Rio Vermelho, teatro infantil faz 'vaquinha' para conseguir novo imóvel

 




De qualquer forma, Gil garante que não há como o teatro acabar: "Só se eu morrer"

Com os espetáculos de teatro finalmente liberados em Salvador, a Companhia de Teatro Gil Santana ainda não consegue voltar aos palcos. Com o fim do contrato do espaço no Rio Vermelho, onde é localizado, o teatro infantil faz "vaquinha" para conseguir novo imóvel.

O ator e diretor Gil Santana conta ao PIRÔPO NEWS e demais veículos de comunicação, que mesmo sem funcionar, manteve a locação do imóvel durante a pandemia, mas quando chegou a data de vencimento do contrato não houve negociação. "Já tínhamos recebido antes uma prévia de que seríamos despejados. Eu fui pagando como podia porque estou há 18 meses sem trabalhar e comecei a fazer algumas coisas online depois, mas não deu muito retorno", explica.  

Com a notícia, artistas que trabalharam na Companhia lançaram a campanha "Salve o teatro Gil Santana - Precisamos de ARte para viver". Com vídeos de apoio ao teatro, os artistas pedem que a população doe alguma quantia para ajudar Gil no novo processo de encontrar um espaço. O pix disponível para a doação é 229.545.115-91 (Gilson José Santana). 

De qualquer forma, Gil garante que não há como o teatro acabar: "Só se eu morrer". "A ideia é que vá para outro lugar. Não temos dinheiro para segurar ainda, mas a ideia é que tenha. Estamos na luta procurando. Tenho muito material que gostaria de colocar em algum lugar e não posso", conta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário