OLIMPÍADAS


sábado, 17 de julho de 2021

O pai tá off: Influenciadores baianos sofrem com queda dos perfis no Instagram; entenda


O pai tá off: Influenciadores baianos sofrem com queda dos perfis no Instagram; entenda

A frase "usuário não encontrado" no Instagram se tornou o terror de uma boa parte dos influenciadores baianos. Nos últimos meses, vários deles passaram a sofrer com a queda dos perfis na rede social, principal ferramenta de trabalho das subcelebridades, como Dum Ice, Franklin Reis, Alesson Lima, e o perfil Comédia Baiana, que teve publicações excluídas pela plataforma.

 

Viver fora da web se tornou algo mais difícil para quem fez do Instagram o seu palco, e em tempos de pandemia a única alternativa possível e segura.

 

Um dos influenciadores mais afetados pela ação da rede social do Facebook foi Cristian Bell, que teve três perfis derrubados pela plataforma e chegou a cogitar abandonar a vida na web.

 

Foto: Reprodução / Instagram

 

Ao Bahia Notícias, o advogado especialista em crimes virtuais e cibernéticos, Leonardo Britto, responsável pelo caso de Cristian, relatou o processo de recuperação das contas do humorista.

 

Segundo o representante, a plataforma alegou que Cristian havia desrespeitado uma das diretrizes do Instagram. Este é o principal motivo para a desativação das contas na rede social, a violação de algum termo de uso como a publicação de conteúdo pornográfico, ofensivo, apologia a droga e ações ilegais. 

 

"Eles alegaram que houve alguma postagem indevida, algum vídeo indevido, uma publicação. Só que o Facebook nunca comprovou as violações. Foi necessário reunir todas as provas de que o perfil era utilizado para fins comerciais, tendo em vista que por ele ser influenciador, ele divulga produtos e serviços e em troca disso ele recebe valores, diante do engajamento que a conta dele tem".

 

A ação movida por Cristian e seu advogado teve resposta rápida. Leonardo relatou ao site que todo processo foi feito no dia 6 de julho e no dia 12, como foi noticiado pelo Bahia Notícias, a Justiça concedeu a liminar (veja aqui).

 

"Foram seis dias para sair a liminar e está em fase de cumprimento para proceder a reativação, tendo em vista que o Facebook já foi intimado". Caso o perfil seja desativado neste período, a plataforma arca com uma multa diária de R$ 200.

 

O influenciador Alesson Lima foi outro baiano atingido pela ação do Instagram, com a mesma justificativa dada a Cristian Bell, quebra das diretrizes. 

 

 

Foto: Reprodução / Instagram

 

Em entrevista ao Bahia Notícias, o blogueiro, que ficou por alguns dias sem seu perfil na plataforma, contou que só teve seu perfil reativado após a abertura de um processo.

 

"Estou no meio de um processo com o Facebook, tenho uma audiência marcada para setembro e uma das reativações foi disso, eles fizeram quando receberam o processo com um prazo de cinco dias para reativar o perfil", contou.

 

O produtor de conteúdo revelou que precisou conversar com contratantes para reorganizar a agenda de publicidades em suas redes sociais, mas não estimou o prejuízo. 

 

"Continuo sem usar (de forma assídua), porque tudo que eu posto estão apagando. Então tô com medo de cair de novo. A vontade é de não postar nada mesmo. Nos dias que fiquei desativado tinham conteúdos tão bacanas, tinha publi no dia. E é todo um desgaste, tenho que conversar com o cliente da publicidade, fica o pessoal falando que eu desativei porque eu quis", desabafou.

 

 

 

O advogado Leonardo Britto, que cuida do processo de Cristian, tenta na Justiça fazer com que o Facebook arque com o prejuízo financeiro que Cristian teve durante o tempo que seu perfil ficou fora do ar. 

 

"Os prejuízos ainda estão sendo calculados, até porque a gente precisa fazer esse cálculo e aguardar até a data da reativação para a gente solicitar a compensação dos danos materias além dos danos morais".

 

Nesta semana o humorista e influenciador Dum Ice teve o perfil com mais de 2 milhões de seguidores desativado pela plataforma sem motivo aparente. Além dele, Franklin Reis, parceiro de conteúdo de 'Zoi Pucu', também foi afetado pela queda na rede social (confira aqui).

 

Foto: Reprodução / Instagram

 

Em contato com o Bahia Notícias, Dum contou que já havia percebido a instabilidade na plataforma, mas não achava que sua conta seria derrubada.

 

"O Instagram já está caindo story, vídeo no feed, e tá todo mundo sem entender o que está acontecendo. Ele mudou alguma coisa, mas se a gente não sabe o que foi mudado e continua fazendo, eles derrubam. Vai caindo story, feed, reels",  disse.

 

O influenciador é auxiliado por um profissional de midias sociais que intermedia o contato dele com a plataforma para descobrir o motivo da exclusão de conteúdos do seu perfil profissional, mas segundo ele, nada foi falado sobre a desativação do perfil.

 

"Tem uma pessoa que a gente paga por mês para ficar no Instagram, para fazer esse contato com o suporte quando os stories estão caindo, eles vão lá e questionam. Mas quando cai o Instagram a gente não sabe o que fazer. Tem casos que voltam em um mês, outros que voltam em um dia, e ten casos que não voltam e a gente tem que criar outro perfil".
 

 

Os perfis caíram na quarta-feira (14), e até a realização desta matéria não foram retomados. "Isso atrapalha demais o nosso trabalho, a gente tem data de entrega de trabalho que já estão marcados, e muda tudo. Imagina se fica um mês? A gente tem que criar um novo Instagram para postar as propagandas que já estavam marcadas", disse.

 

Foto: Reprodução / Instagram

 

Leonardo citou a coincidência entre os casos e explicou o que pode estar acontecendo na rede social para a queda dos perfis: o surgimento de perfis fakes ou até mesmo de fã clubes que não se identifiquem como página dedicada ao influenciador, e que acabam sendo confundidas pela plataforma. A solução dada pelo foi a derrubada de perfis fakes.

 

"Eles alegam que foi quebra dos termos das diretrizes da plataforma, só que quando um influenciador tem grande visibilidade, são criados diversos perfis fakes, esses perfis eu observo que alguns postam algumas coisas indevidas e inapropriadas, e acredito que alguns usuários vendo aquilo ali, vão até o perfil oficial denunciar como se partisse deles".

 

Dum afirmou ao BN que pensa em colocar a plataforma na Justiça caso não consiga recuperar seu perfil com rapidez. "Eu ainda não estou acompanhado juridicamente, mas penso sim em botar na Justiça, caso demorar. A gente tem entrega para fazer e a nossa conta, verificadinha", disse.

 

Foto: Reprodução / Instagram


O QUE ESTÁ ACONTECENDO?
É possível que as desativações sejam um bug da plataforma e neste caso é necessário que o usuário entre em contato com o Instagram para retomar o acesso. O contato é feito pela página de ajuda do Facebook ao preencher um formulário. A plataforma não se pronunciou sobre as recentes queixas de desativação.

 

COMO PROTEGER SEU PERFIL DE DESATIVAÇÕES
- Preencha todos os dados de sua conta;


- Evite mencionar usuários que não te seguem;


- Verifique se seu conteúdo é adequado para a plataforma. O Instagram proíbe nudez, relações sexuais, mamilos femininos, nádegas expostas, discurso de ódio;


- Cuidado com a violação de direitos autorais, seja de forma sonora, visual ou escrita;


- Limite o uso de hashtags para não entrar como conteúdo spam.

Bruno Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário