OLIMPÍADAS


quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Bahia vence o Atlético-MG em Feira, mas está fora da Copa do Brasil


Após uma sequência muito ruim, o Bahia voltou a marcar, voltou a vencer, mas está fora da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (4), o Tricolor superou o Atlético-MG por 2 a 1 no Joia da Princesa em Feira de Santana, com gols de Rossi e Juninho Capixaba para o Esquadrão, enquanto Vargas fez o do Galo. Como o clube de Belo Horizonte venceu a primeira por 2 a 0, acabou levando a melhor no placar agregado.

 

Fora da competição nacional, o time comandado por Dado Cavalcanti volta a focar no Campeonato Brasileiro. No próximo sábado (7), o desafio será contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

 

O JOGO

 

O Bahia começou o jogo indo pra cima, mas também viu o Atlético chegar ao ataque. A primeira chance foi tricolor. Aos nove, Gilberto cobrou falta com força e desviada, mas Everson defendeu.

 

Rossi abre o placar

 

Enfim terminou o jejum de mais de 450 minutos do Bahia sem marcar. Quando o relogio marcava o 11º minuto da primeira etapa, Rossi dominou a bola e mandou uma bomba de fora da área. Everson aceitou para a alegria dos tricolores.

 

O Galo foi para cima e começou a tentar. Aos 27, Dodô arriscou de fora da área e a bola morreu na rede externa. 

 

Conti perde grande chance

 

O Bahia poderia ter conseguido mais um gol, mas ficou na lamentação. Aos 29, depois do escanteio, Rossi escorou, Luiz Otávio cabeceou firme, Everson fez um milagre e na sobra Conti mandou de chaleira por cima do gol.

 

Apagão interrompe o jogo. Na volta, Capixaba amplia

 

Aos 44, faltou luz em um dos refletores e o árbitro decidiu parar o jogo. Após dez minutos de paralisação, as equipes concordaram em retornar só para acabar a primeira etapa. Os três minutos seguintes foram suficientes para Mugni levantar a bola na área e Capixaba cabecear para marcar o segundo gol tricolor. 


 

Segundo tempo

 

O Galo voltou para o segundo tempo atacando o Esquadrão. Aos três minutos, Hulk tentou em cobrança de falta, mas mandou para longe. Logo depois, Vargas invadiu a área e finalizou, mas a bola passou ao lado.

 

Vargas diminui

 

Depois de muita pressão, o Atlético-MG conseguiu diminuir o marcador e retomar a vantagem no agregado. Aos 18 minutos, Vargas recebeu cruzamento e cabeceou no cantinho.

 

Aos 22, Lucas Araújo cruzou na área, Gilberto cabeceou fraco e a bola passou para a linha de fundo.

 

Sem conseguir exercer pressão, o Bahia pouco aparecia na frente e viu o Galo tentar aos 39 com Hulk, em cobrança de falta. No lance, Matheus Teixeira defendeu com firmeza.

 

Os dois perdem chances

 

Aos 42, o Atlético-MG saiu no contra-ataque em velocidade com Hulk, que avançou e soltou para Borrero, que mandou para fora. Logo na sequência, Gilberto recebeu dentro da área, mas chutou forte demais e a bola passou por cima.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia 2 x 1 Atlético-MG
Copa do Brasil - Oitavas de final (2º jogo)
Local: Joia da Princesa, em Feira de Santana
Data: 04/08/2021 (quarta-feira)
Horário: 21h30
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho    

Cartões amarelos: Vargas, Borrero, Allan (Atlético-MG) / Luiz Otávio, Dado Cavalcanti (Bahia)

Gols: Rossi, Juninho Capixaba (Bahia) / Vargas (Atlético-MG)

 


Bahia: Matheus Teixeira; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Juninho Capixaba; Patrick (Lucas Araújo), Mugni (Thonny Anderson) e Daniel; Rossi (Ruiz), Rodriguinho (Ronaldo) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti.

 


Atlético-MG: Everson; Mariano (Guga), Réver, Alonso e Dodô; Allan, Jair (Neto) e Tchê Tchê (Vargas); Eduardo Sasha (Nacho), Savarino (Borrero) e Hulk. Técnico: Cuca.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário