OLIMPÍADAS


terça-feira, 10 de agosto de 2021

Justiça torna réu médico que teria empurrado ex-namorada também médica do quinto andar de prédio em Salvador no condomínio Serra do Mar

 

Pedido do MP sobre prisão preventiva não foi avaliado

O médico Rodolfo Cordeiro Lucas se tornou réu, nesta sexta-feira (6), por tentativa de feminicídio da sua ex-namorada, a médica Sattia Lorena Patrocínio Aleixo, após a Justiça receber a denúncia apresentada pelo Ministério Público estadual. Por outro lado, o pedido de prisão preventiva não foi avaliado.

O processo se refere à queda da médica, em julho de 2020, supostamente empurrada do quinto andar do edifício Serra do Mar, situado no bairro Jardim Armação. Em audiência realizada na última quinta-feira (5), os relatos detalhados e provas documentais da vítima apontam que Sattia era vítima de violência doméstica e de um relacionamento abusivo. 

Segundo a denúncia do MP, o acusado teria, um dia após a médica pedir o término do relacionamento, forçado que as suas mãos, que a mantinha dependurada na janela, se soltassem, o que provocou sua queda de uma altura de 15,5 metros, causando-lhe graves ferimentos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário