OLIMPÍADAS


terça-feira, 24 de agosto de 2021

Mulher denuncia maternidade e diz que irmã perdeu bebê por negligência médica


Cristiane Costa disse que sua irmã deu entrada com fortes contrações e, por conta do mau atendimento, perdeu o bebê de seis meses

Mulher denuncia maternidade e diz que irmã perdeu bebê por negligência médica

Uma mulher  denunciou nesta segunda-feira (23) o atendimento recebido pela sua irmã no Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, no sul da Bahia. A irmã de Cristiane Costa, que prefere não ter o nome divulgado, deu entrada no hospital da Santa Casa da Misericórdia na última terça feira (17), então grávida de seis meses. Com negligência médica, diz sua irmã, acabou perdendo o bebê. 

"É muito triste você chegar com dores, perdendo muito sangue e ser mal atendida, mal tratada", diz Cristiane. Ela narra que a irmã precisou sair de Ilhéus e ir até a maternidade do Manoel Novaes na manhã da terça-feira ao sentir contrações. "Chegando lá foi tratada de forma grosseira. Nem um animal se trata assim", conta.  

Após um parto conturbado, o bebê não resistiu. "Minha irmã perdeu o bebê de 6 meses e perdeu muito sangue por causa da negligência". De acordo com ela, ao chegar no hospital, a médica pediu insistentemente pelos documentos da sua irmã antes de realizar os procedimentos. "Demorou muito para ser atendida, era para ser pelo SUS, mas a médica dizia que havia um documento faltando, então foi tudo particular", conta. 

Cristiane reclama ainda da estrutura do hospital para o atendimento. De acordo com ela, o local estava desorganizado e "um caos".

A imprensa entrou em contato com a Santa Casa da Misericórdia, responsável pelo Hospital Manoel Novaes, que apura as informações. De acordo com a fundação, os relatórios médicos estão sendo verificados e uma resposta será enviada em breve


metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário