OLIMPÍADAS


segunda-feira, 30 de agosto de 2021

'Não admitiremos qualquer retrocesso' na democracia, diz Rodrigo Pacheco


'Não admitiremos qualquer retrocesso' na democracia, diz Rodrigo Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), falou, em entrevista para o jornal O Globo, sobre a possibilidade de um golpe militar no Brasil. Na visão dele, se depender das Forças Armadas, não haverá ruptura institucional.

 

“São instituições maduras, com um patriotismo muito forte e com obediência absoluta ao estado democrático de direito. Nesta semana, estarei no comando da Aeronáutica novamente para conversar com os brigadeiros, a convite do Alto Comando da Aeronáutica. Tenho mantido esse contato constante com essas instituições e vejo nelas uma obrigação de defesa do Brasil. Nós não admitiremos qualquer retrocesso e tenho certeza que também esse será o papel das Forças Armadas’, afirmou o democrata.

 

Na ocasião, Pacheco disse não temer as manifestações convocadas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para o dia 7 de Setembro.

 

"Manifestações são próprias da democracia. Temos que respeitá-las, mas manifestações que tenham como objetivo retroceder a democracia, pretender intervenção militar ou a ruptura institucional ferindo a Constituição devem ser repelidas no campo das ideias", pontuou.


Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário