OLIMPÍADAS


domingo, 5 de setembro de 2021

Mandarino diz que corregedoria autuará policiais que participarem de atos antidemocráticos

Mandarino diz que corregedoria autuará policiais que participarem de atos antidemocráticos

As corregedorias das polícias Militar, Civil e Técnica, além do Corpo de Bombeiros, autuarão os servidores que participarem de atos antidemocráticos na próxima terça-feira (7), data em que se comemora a independência do Brasil. A determinação do secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, foi enviada aos comandos das corporações, na tarde deste sábado (4).

 

 

"A livre manifestação de pensamento é uma garantia constitucional, mas pregar atos de violência contra as instituições fundamentais para o funcionamento da própria democracia é crime", declarou Mandarino.

 

 

O secretário afirmou ainda que o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF), as Forças Armadas e de Segurança são instituições sagradas e não podem ser atacadas. "Determinei às corregedorias que adotem providências legais imediatas contra qualquer policial ou bombeiro que participe dessas ações criminosas", afirmou.

 

 

Mandarino acrescentou ainda que equipes da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) monitoram os atos previstos para o Sete de Setembro com o objetivo de garantir o direito democrático de manifestação, bem como a ordem e o direito de ir e vir dos baianos. 

 

 

O secretário também disse que o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), instalado no Centro de Operações e Inteligência – 2 de Julho (COI), vai reunir profissionais das forças de segurança que realizarão o monitoramento das manifestações ao longo do dia, para agilizar a tomada de decisões e o acionamento de equipes, caso seja necessário.

foto: Elôi Correia Gov BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário