OLIMPÍADAS


sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Vereador de Planalto, na Bahia, é denunciado por crime de ameaça

 

O promotor de Justiça Ruano Leite, autor da denúncia, requereu medida cautelar para proibir o denunciado de manter contato com as vítimas

Vereador de Planalto, na Bahia, é denunciado por crime de ameaça

O vereador e investigador de Polícia, Joaquim Froes Rezende, da cidade de Planalto, na Bahia, foi denunciado pelo Ministério Público estadual nesta quarta-feira (1º), por cometer crime de ameaça contra duas pessoas em setembro de 2020. 

O promotor de Justiça Ruano Leite, autor da denúncia, requereu medida cautelar para proibir o denunciado de manter contato com as vítimas e as testemunhas durante a fase de coleta de provas (instrução criminal). O promotor destacou que Rezende tem antecedentes criminais e poderia utilizar das prerrogativas dos cargos policial e político para tornar a fazer ameaças. 

Segundo a denúncia, o vereador empunhou sua arma de fogo e xingou por diversas vezes as duas vítimas durante um conflito de trânsito na Avenida John Kennedy.  
Joaquim Rezende teria parado seu carro ao lado de um caminhão, fechando a via, e se negado a desobstruir a avenida após um terceiro carro buzinar pedindo passagem. Conforme o documento, o vereador, alegando que o caminhão que impedia o tráfego, chegou a apontar uma arma para o condutor daquele veículo. 

O crime de ‘ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave” é previsto pelo artigo 147 do Código Penal, com pena de detenção de um a seis meses ou multa

Nenhum comentário:

Postar um comentário