OLIMPÍADAS


terça-feira, 19 de outubro de 2021

Após Bolsonaro determinar auxílio de R$ 400, Bolsa cai 2% e dólar sobe a R$ 5,57


Após Bolsonaro determinar auxílio de R$ 400, Bolsa cai 2% e dólar sobe a R$ 5,57
Foto: Alan Santos / PR


A Bolsa de Valores brasileira abriu em queda e o dólar avançava na manhã desta terça-feira (19). O mercado temia que as discussões em Brasília sobre o novo programa de distribuição de renda do governo federal resultassem em um aumento de gastos acima do teto.

 

Índice de referência da Bolsa, o Ibovespa caía 2,02% às 10h43, enquanto o dólar subia 0,77%, a R$ 5,5630, mas já tendo alcançado máxima de R$ 5,5740.

 

O "nervosismo" ocorre após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ter anunciado que o Auxílio Brasil chegue a R$ 400. O valor é superior aos R$ 300 do auxílio emergencial, benefício pago durante a pandemia que será encerrado no próximo dia 31.

 

Em Brasília, interlocutores de Bolsonaro afirmam que existe espaço no orçamento do Bolsa Família para pagar os R$ 300 em 2021 a cerca de 17 milhões de brasileiros. Eles apontam, no entanto, que o desafio é chegar ao valor anunciado pelo presidente.




BN 

Nenhum comentário:

Postar um comentário