OLIMPÍADAS


sábado, 23 de outubro de 2021

Após morte de diretora, sindicato de Hollywood diz que munição em arma cenográfica era verdadeira

 Tiro foi disparado por Alec Baldwin em set de filmagem do filme "Rust"

Após morte de diretora, sindicato de Hollywood diz que munição em arma cenográfica era verdadeira

Um sindicato de Hollywood confirmou, em mensagem aos seus membros, que a arma cenográfica disparada pelo ator Alec Baldwin, que acabou matando a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42, no set do filme "Rust", estava munida de bala de fogo.

"Uma munição verdadeira foi acidentalmente disparada no set pelo ator principal, atingindo a diretora de fotografia Halyna Hutchins, integrante da Local 600, e o diretor Joel Souza", disse o comunicado da Aliança Internacional de Funcionários de Produções Cênicas (IATSE).

A polícia segue investigando o caso para entender como o acidente aconteceu e qual o tipo de munição a arma continha. Baldwin afirmou que a situação foi um acidente e que está em choque, mas cooperando com as investigações do caso.

O disparo também deixou ferido o diretor do filme, Joel Souza, 48 anos, que foi atingido no ombro. Ele foi levado de ambulância ao centro médico Regional Christus St. Vincent e recebeu alta horas depois. Segundo informações da polícia americana, o disparo aconteceu durante a gravação ou ensaio uma cena no estado americano do Novo México.

Nenhum comentário:

Postar um comentário