OLIMPÍADAS


domingo, 24 de outubro de 2021

Belém registra caso de subvariante delta da Covid-19 e emite alerta

 

Belém registra caso de subvariante delta da Covid-19 e emite alerta
Foto: Reprodução / TV Liberal


A secretaria de saúde de Belém identificou a circulação da subvariante delta AY-33 na capital do Pará e emitiu um alerta aos hospitais para comunicação imediata de casos de Covid-19 oriundos de outros estados ou países, além de recomendar a manutenção dos protocolos de segurança à população. A subvariante preocupa porque ela pode não ser detectada por testes rápidos e pelos protocolos de RT-qPCR.
 

Em nota, a secretaria informou que a descoberta foi feita através do sequenciamento de 116 amostras do vírus SARS-CoV-2 obtidas de pacientes de Belém. Nas análises, uma amostra da Delta AY.33 foi detectada. Mas o órgão não deu mais detalhes sobre o caso, nem informações do paciente, sua nacionalidade ou origem.
 

Em suas redes sociais, a secretaria reforçou que qualquer pessoa que apresente sintomas compatíveis com covid-19 deve ser orientada a manter isolamento social por 14 dias.
 

Alerta de notificação
 

A capital paraense vive uma estabilidade no número de casos da doença. Segundo o último balanço, divulgado ontem, não há nenhum leito clínico ou de UTI ocupado com pacientes acometidos pela Covid. Nos últimos sete dias, houve 21 casos da doença. Os casos acumulados desde o início da pandemia somam 106.635.
 

Mesmo com a estabilidade, a secretaria orientou que as unidades notificadoras estejam atentas ao atendimento de casos suspeitos, assim como de outros agravos de notificação compulsória, realizando a notificação imediata dos casos suspeitos e confirmados oriundos de outros países ou estados brasileiros para que a Divisão de Vigilância possa adotar as medidas de controle.
 

O órgão também reforçou as orientações para que a população siga as medidas de prevenção e controle, como isolamento domiciliar da pessoa que estiver com suspeita ou em período de transmissão da doença, lavagem frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel, além do uso obrigatório de máscara e manutenção do distanciamento social.
 

Balanço
 

A secretaria de saúde de Belém também divulgou um balanço das análises de casos de covid-19 realizadas nos últimos três meses. Em julho e agosto, foram notificados em Belém 1.612 casos. Foram enviadas para sequenciamento 72 (4%) amostras de pacientes sintomáticos e que apresentaram RT-qPCR positivo, resultando em 84,7% dos provocados pela variante gama, enquanto os da variante delta representaram 9,7%. As variantes beta e zeta também foram detectadas, cada uma com 2,8%.
 

Em setembro, foram 332 casos de covid-19. De 24 (7%) pacientes sintomáticos, metade foi infectada com a variante delta e o restante, com a gama.
 

Nos primeiros vinte dias de outubro, foram notificados 152 casos. As 20 amostras genotipadas (13%) revelaram uma inversão, com a predominância da variante delta, responsável por 75% dos casos, enquanto a gama foi identificada em 25% dos casos positivos da doença.









Nenhum comentário:

Postar um comentário