OLIMPÍADAS


sábado, 20 de novembro de 2021

Mochileiro que percorreu 36 mil km pelo Brasil morre em acidente no fim da viagem

Foto: Instagram/@sagita_mochileiro


O mochileiro gaúcho Tiago Escarcell Boher, 31, morreu na sexta-feira (19), em decorrência de um acidente de trânsito ocorrido na etapa final da aventura. Ele chegou a ficar internado em Campo Grande (MS), mas não resistiu aos ferimentos. 

De acordo com a polícia, um outro motociclista, ao tentar ultrapassar um caminhão num local não permitido, bateu de frente na moto em que Boher estava com a namorada, Jennifer Santos, 19. A batida ocorreu na BR-060, em Paraíso das Águas.

O outro motociclista morreu, depois de ter sido atropelado por um caminhão. Boher sofreu amputação de uma perna e estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Campo Grande. A namorada dele, que também foi internada em estado grave, continua hospitalizada na Santa Casa da capital sul-mato-grossense. Ela sofreu múltiplas fraturas e está na UTI.

O casal viajou o Brasilo por oito meses e 13 dias. Foram 36 mil quilômetros percorridos em uma moto de 150 cilindradas. o Casal passou por todos os outros estados e o Distrito Federal. O périplo seria concluído justamente em Mato Grosso do Sul, onde o casal foi vítima de um grave acidente às 15h da última terça-feira (16).

A causa da morte de Boher, ocorrida às 7h55, foi uma parada cardiorrespiratória.

Menos de três horas antes do acidente, às 12h13 de terça, o casal publicou um vídeo nas redes sociais e soltou fogos de artifício para celebrar a marca.


Assista:


 

Metro1

Nenhum comentário:

Postar um comentário