Últimas Notícias

Lula aguarda aliados e pretende anunciar chapa até março, diz jornal

Lula aguarda aliados e pretende anunciar chapa até março, diz jornal

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pretende sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto entre fevereiro e março. Primeira opção do Partido dos Trabalhadores (PT) para suceder Jair Bolsonaro no comando do país, o ex-metalúrgico conta com o apoio imediato não só da sigla que integra como também de outras legendas, como o PSB e o PCdoB.

 

"Seria importante fazermos o anúncio da candidatura já com apoios", afirma a presidente do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann. 

 

Conforme noticiou o jornal O Globo, o anúncio precoce de uma aliança para a eleição de novembro ainda depende, porém, de negociações. Os partidos envolvidos têm a opção de formar uma federação partidária, junto com o PV. 

 

O vice de Lula no pleito também pode ser anunciado no lançamento da pré-candidatura. O ex-tucano Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo, é o mais cotado para a vaga. 

 

Ainda de acordo com a publicação, caso a união entre os partidos seja aprovada, os palanques de Lula nos estados estariam definidos com base nas escolhas da federação.

 

Segundo a regra, partidos federados só podem ter um candidato em cada disputa. O PSB tem exigido contrapartidas do PT com o apoio a postulantes a governador em seis estados. Um dos principais entraves está em São Paulo, onde o ex-governador Márcio França (PSB) e o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) têm se colocado como pré-candidatos.

 

Há a expectativa de que, no período em que se encerra o prazo para as convenções partidárias (20 de julho e 5 de agosto), o grupo petista atraia partidos menores para a composição do arco de alianças, como o Solidariedade e o Avante. Eles, assim como o PSD e o MDB, podem apoiar o PT no modelo tradicional de coligação.

 

Lula deve retomar as viagens pelo país no primeiro trimestre, após exames de check-up. Os destinos, bem como o marqueteiro que vai comandar a campanha ainda não foram definidos.

 

O programa de governo começará a ser elaborado após o anúncio da pré-candidatura. A presidente Gleisi Hoffmann diz que haverá conversas com os aliados para definir exatamente qual o conjunto de propostas que será apresentado na campanha eleitoral.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem



header ads