Últimas Notícias

Passageiro que teve cadela perdida em aeroporto aciona Gol na Justiça e faz desabafo

 


O garçom Reinaldo Junior, de 39 anos, tem passado por momentos difíceis desde que chegou ao Brasil. Ele teve a cachorrinha de nome Pandora perdida no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, após ter desembarcado em um voo da Gol Linhas Aéreas. O rapaz está desolado e descarta se apresentar para trabalhar em um restaurante, com salário de quase R$ 5 mil, na Suíça, no próximo dia 25, se a cadela não for encontrada até lá. Ele, inclusive, já acionou a Gol na Justiça.

A cadela Pandora desapareceu no dia 15 de dezembro durante uma conexão no Aeroporto de Guarulhos, quando ia com o tutor, em um voo da Gol, de Recife para a cidade de Navegantes (SC).

Thank you for watching

Imagens do sistema de segurança do aeroporto mostram o momento em que a cachorra passa sozinha por um terminal de carga.

Até esta segunda-feira (03), Junior e sua mãe estavam hospedados em um hotel em Guarulhos, por conta da Gol, tentando achar o animal. Porém, as despesas da acomodação e das buscas por Pandora deixaram de ser pagas pela companhia aérea após o rapaz acionar a empresa na Justiça.

“Na segunda-feira (3/1), o Cliente acionou advogados para auxiliá-lo e, a partir desta data, a GOL estará à disposição do Cliente por meio do seu Departamento Jurídico para as tratativas necessárias”, afirmou a companhia aérea.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem



header ads