Últimas Notícias

Crise deve empurrar mais 1 milhão de brasileiros para o desemprego

 O cenário deverá ser ainda mais difícil para os jovens.

FOTO: AGÊNCIA BRASIL

A crise econômica, a alta da inflação e a lenta recuperação do mercado de trabalho devem fazer de 2022 o ano eleitoral com a maior taxa de desemprego das últimas sete disputas pela Presidência.

Economistas preveem que o índice pode chegar a 13%.


E, mesmo com expectativa de aumento na geração de vagas, o desemprego pode alcançar 13,4 milhões de pessoas, 1 milhão a mais do que no fim do ano passado.

O cenário deverá ser ainda mais difícil para os jovens.



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads