Últimas Notícias

‘Os dados revelam o progresso ao longo do ano’, diz Leão sobre crescimento de 9,8% do volume de serviços em 2021

Elói Corrêa/GOVBA

 O volume de serviços na Bahia registrou expansão de 9,8% em 2021, na comparação com o ano de 2020. O vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, comentou o resultado e enfatizou o crescimento alcançado. “Os dados tem revelado nosso progresso ao longo do último ano. Por mais que ainda não estejamos no patamar compatível com o potencial do estado, existe a certeza da efetividade das ações do governo e que, com o trabalho realizado, sem dúvida, dentro de algum tempo, a Bahia estará onde merece estar”. 

Quatro das cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para a atividade de serviços prestados às famílias (49,6%), que apontou a mais expressiva variação positiva, seguida por transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (10,4%), depois serviços profissionais, administrativos e complementares (5,9%) e serviços de informação e comunicação (0,1%). Apenas, outros serviços (-8,6%) contabilizou queda.  

 

"Temos que comemorar o crescimento do volume de serviços na Bahia e sem sombra de dúvidas associar essa crescente também ao avanço da vacinação no combate ao Covid-19. Quanto mais pessoas imunizadas, mais trabalhadores circulando com saúde e produzindo atividades diversas fazendo a economia girar. Encerramos 2021 com uma expansão de 9,8% e agora temos como meta para 2022 superar esse indicador", ressalta Nelson Leal, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). 

 

A receita nominal de serviços na Bahia, no acumulado do ano, cresceu 14,0% em relação ao mesmo período do ano anterior. Nesta análise, todas as atividades puxaram a receita para cima, com destaque para a atividade de Serviços prestados às famílias (50,0%), que apontou a mais expressiva variação positiva, Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (15,0%), Serviços profissionais, administrativos e complementares (10,8%) e Serviços de informação e comunicação (3,1%). Apenas, Outros serviços (-5,6%) contabilizou queda. 


Carol Garcia/GOVBA



Ascom/Seplan

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads