Últimas Notícias

Presidente Bolsonaro ao lado de Roma e Queiroga em visita às Obras Sociais Irmã Dulce disse: "Me sinto conformado, tranquilo em poder, através do nosso governo, colaborar com as obras de Irmã Dulce"



Durante visita às Obras Sociais Irmã Dulce para o lançamento da Pedra Fundamental da nova unidade diagnóstica nesta quarta-feira (16), o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, acompanhado do presidente Bolsonaro , comemorou o investimento de R$ 9 milhões no equipamento. Na ocasião, Queiroga  salientou os números positivos da pandemia da Covid-19 e atribuiu os resultados às ações do ministério. 

 

Em sua fala o ministro disse que as ações do presidente estão em consonância com os ensinamentos de Santa Dulce dos Pobres. “Há muitas filantropias por ai, mas a de irmã Dulce é a que está no coração  de cada um de nos. Cada centavo investido dos recursos públicos nessa instituição é investimento no povo da Bahia , e no povo do Brasil, porque o Brasil nasceu na Bahia. Essa é uma obra fundamental porque permite diagnóstico preciso através de equipamentos de imagem sofisticados”, disse o ministro salientando os investimentos de cerca de R$ 9 milhões.

 

Ainda na ocasião, Queiroga comemorou o arrefecimento da pandemia no país. “Bolsonaro enfrentou  a maior emergência sanitária que o Brasil e o mundo já viram e hoje temos um cenário decrescente de casos e de óbitos. Nos últimos 15 dias registramos menos 30% de óbitos. Para tanto, o sistema público de saúde foi fortalecido , R$ 100 milhões de reais em 2020 e 2021 foram acrescidos ao Ministério e isso só foi possível porque o governo é vacinado contra corrupção. há nenhum ministro, nenhum auxiliar direto do presidente que esteja envolvido em práticas de corrupção e a Irmã Dulce certamente aprovaria esse tipo de conduta”, disse.  

 

Já o presidente Bolsonaro optou por uma fala discreta. Diferente do que costuma fazer apostando em discursos impactantes, desta vez o líder do executivo nacional optou pela cautela. "Nossa Bahia, berço do Brasil. Satisfação muito grande em estar aqui em um solo quase sagrado onde é lembrado o nome da primeira santa do Brasil, Irmã Dulce. Me sinto conformado, tranquilo em poder,  através do nosso governo, colaborar com as obras de Irmã Dulce, onde quase tudo vem do coração. É colaborar com o lema, fazer o bem não vendo a quem. A todos aqui, que atuam nas obras, nosso reconhecimento e parabéns a todos", disse. 


por Francis Juliano / Vitor Castro BN

foto:BNEWS

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

header ads