Últimas Notícias

Pastor Evangélico é preso suspeito de agredir prefeito de Rio Verde enquanto político aguardava a chegada de Bolsonaro

 


Delegado realizou a prisão em flagrante por Pastor Evangélico  portar munição de arma de fogo sem autorização. O motivo da agressão será apurada.


O pastor Daniel Mesquita Guimarães, de 40 anos, foi preso suspeito de porte irregular de munição e por agredir o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (UB), enquanto o político aguardava a chegada do presidente Jair Bolsonaro (PL) no aeroporto da cidade. O presidente participou de evento para a entrega de títulos de propriedades rurais na cidade, nesta quarta-feira (20).

A defesa do pastor disse que vai se manifestar somente após a conclusão do autor de prisão.

A Secretaria de Comunicação de Rio Verde informou que o prefeito Paulo do Vale informou à Polícia Civil que vai representar criminalmente contra o suspeito pela agressão. Mesmo sentindo dor na região do peito, o político se sentia bem e cumpriu agenda ao lado do presidente.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads